Eis os 5 pontos que sinalizam segundo melhor semestre para o varejo

Estes são os 5 pontos que o presidente da Associação Gaúcha para o Desenvolvimento do Varejo, Vilson Noer, listou para demonstrar por que razão oi segundo semestre será melhor para o varejo.

Quem ouviu Vilson Noer foi a colunista de Economia da Rádio Gaúcha, Giane Guerra


1 - Saldo positivo de empregos no primeiro semestre. No Rio Grande do Sul, foram criados 1,1 mil postos de trabalho com carteira assinada após dois anos de saldo negativo no período. Gera renda para ser gasta no comércio, pagando contas ou em novas compras.
2 - Aprovação Reforma Trabalhista. 
3 - Redução do juro, deixando o crédito mais barato e mais disponível no mercado.
4 - Inflação controlada mantém o poder de compra dos clientes e não provoca elevação de custos para o lojista.
5 - Tradicionalmente, o segundo semestre concentra mais datas de vendas. Começa com o Dia dos Pais, tem Dia da Criança, Black Friday e finaliza com o Natal, a principal época do ano para o varejo.

3 comentários:

Anônimo disse...

Temer oferece ‘traíra ensopada’ no jantar a Maia:

20 de julho de 2017 - Blog do esmael

Um dia depois de degustar uma ‘traíra assada’ num jantar na casa de Rodrigo Maia (DEM-RJ), o ilegítimo Michel Temer retribuiu uma ‘traíra ensopada’ ao presidente da Câmara num jantar no Palácio do Jaburu.

A sobremesa do jantar foi a cooptação de parlamentares do PSB pelo DEM na Câmara às vésperas da votação, em plenário, da autorização para investigar Temer por corrupção passiva.

O Tinhoso cobrou lealdade e, sobretudo, que Maia não estimule o troca-troca partidário para não parecer que o governo Temer chegou ao fim.

O prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, conhecido pelo nome político de ACM Neto ou Grampinho, também participou da “trairagem” notúrnica.

PS: Ou seria bagre ensaboado?

Anônimo disse...

Vai defendendo esse bandido Polibio.R$ 0,41 a mais na Gasolina????? Que papagaiada desse desgoverno. Não sabem o que fazem. Bando de incompetentes. Mantem um monte de regalias e estrutura e bota no rabo da população essa incompetência.

Anônimo disse...

LÍDER EMPRESARIAL DISPARA CONTRA TEMER: FRACASSOU:

Presidente-executivo da Associação da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), José Velloso foi contundente ao criticar o aumento de impostos nos combustíveis executado por Michel Temer; para Velloso, Temer fracassou no ajuste fiscal; "E o plano fracassou por culpa da própria equipe econômica, que insistiu no corte de gastos em meio à maior recessão da história do país e não se preocupou em criar mecanismos para a retomada do crescimento", disse; segundo ele, Temer e Henrique Meirelles só adotaram medidas no sentido de "afugentar investimentos"; escalada tributária em meio à pior depressão econômica do País (...)

21 DE JULHO DE 2017 ÀS

247 - O presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), José Velloso foi contundente ao criticar o aumento de impostos nos combustíveis executado por Michel Temer. Para Velloso, Temer fracassou no ajuste fiscal.

"E o plano fracassou por culpa da própria equipe econômica, que insistiu no corte de gastos em meio à maior recessão da história do país e não se preocupou em criar mecanismos para a retomada do crescimento", disse. "Ao contrário. As ações foram todas no sentido de afugentar investimentos", afirmou Velloso ao jornal Valor Econômico.

O líder empresarial afirmou que dos oito pontos de queda do PIB dos últimos três anos, "cinco foram causados pela falta de investimento", e criticou a lentidão do governo na redução da taxa de juros. Segundo ele, o juro real dobrou em meio à recessão, porque em 2015 o país teve perto de 10,5% de inflação e taxa Selic de 14,25% ao ano. Hoje, com a inflação em torno de 4%, a taxa básica caiu, mas está em 10,25%.

Por fim, o executivo da Abimaq criticou a falta de estímulos à exportação e a valorização do real, "que tira competitividade dos produtos brasileiros". Velloso disse não ser contra o ajuste fiscal, mas defende o aumento da arrecadação pela retomada da atividade.

PS: Os empresários, coxinhas, MBL, Médicos, evangélicos, Rede Globo a casa grande derrubaram dilma para botar seu "ventriloco", o traíra, para que os beneficiassem, em detrimento dos trabalhadores e os mais pobres se quebraram. Agora é mexer e gozar, como diria Marta Suplicy.