Maduro suspende imunidade de parlamentares opositores

Após a eleição de um Assembleia Nacional Constituinte com 545 integrantes no domingo, o tiranete da Venezuela afirmou que vai suspender a imunidade de parlamentares opositores para submetê-los à Justiça.

O chefe de Estado não especificou os motivos para implementar a medida, ainda que tenha acusado os opositores de tentar exercer um "golpe parlamentar" e de incitar a violência nos protestos, que deixaram 125 mortos nos últimos quatro meses diante da repressão do governo.