López pede que povo venezuelano vá para as ruas e derrube Maduro

Conhecido pela sua forte oposição ao presidente Venezuela Nicolás Maduro, Leopoldo López foi libertado neste sábado em Caracas, capital do país, após passar três anos atrás das grades.Ele pediu que a militância mantenha os protestos contra o governo Maduro, em uma crise que já deixou pelo menos 90 mortos:

-  Se continuar a minha luta pela liberdade significa correr o risco de voltar a uma cela de Ramo Verde, eu fico mais do que feliz de aceitar.