Concluído um mês de mandato, novo governo não conseguiu nomear novos diretores para Procergs, AGDI e Badesul

O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, licenciou-se por alguns dias para assumir sua cadeira na Câmara dos Deputados, sem ter conseguido cumprir o que ele mesmo prometeu ao editor no final da semana passada, que foi nomear a nova diretoria da Procergs até terça-feira. A lentidão do governo, mesmo depois de um mês de nova administração, paralisa a estatal e também outras empresas, agências e fundações de primeira linha, como Badesul, AGDI e EGR.

2 comentários:

Anônimo disse...

A lista é maior: Quantos órgãos estão com diretoria interina?
É o caso do Detran que, depois da barrigada do PDT para empurrar o Vinicius Ribeiro, continua na mesma, com o eterno diretor de todas as gestões no comando.
Os governos mudam e as mesmas pessoas sempre no comando. Isso é competência ou é conveniência?
Enquanto outros interesses (que não o público) forem prioridade, as críticas ao Detran continuarão.

Anônimo disse...

A briga por cargos é de envergonhar qualquer um.
Eu achava que o sartori iria extinguir a metade dessas tetas, mas vai continuar igual ou pior que antes.