Mujica diz que Dilma espera eleições para decidir apoio a porto uruguaio de águas profundas que prejudicará Rio Grande

Como fez em Cuba, o BNDES, a mando de Dilma, estuda financiamento de US$ 1 bilhão aos uruguaios. 



A Agência Brasil infor4mou hoje de Montevidéu que o porto de águas profundas, uma das maiores obras de infraestrutura que o governo do Uruguai planeja, depende das próximas eleições do Brasil. O porto ficará em Rocha e prejudicará diretamente Rio Grande, atraindo cargas que costumam ir paras ele. Foi o que afirmou ontem o presidente do Uruguai, José Mujica.

. As exportações uruguaias "não justificam" a construção de um porto de águas profundas, admitiu o presidente, mas o projeto "está pensado para a região", disse o presidente do Uruguai, destacando que pode ser a saída ao mar para as "milhões de cabeças de gado" do Mato Grosso ou da soja do Paraguai, desviando fretes e cargas de Santos, Paranaguá e sobretudo Rio Grande.

. Mujica disse para a Rádio El Expectador, ontem, de que modo a presidente Dilma prejudicará Rio Grande:

- Tenho a palavra da presidente do Brasil de apoiá-lo (o porto) se não eu não teria entrado nessa dança. afirmou Mujica, em entrevista exclusiva com a emissora Radio El Espectador.

. Cerca de 20 empresas internacionais mostraram interesse no projeto que, segundo estimativas oficiais, custaria entre US$ 800 milhões e US$ 1 bilhão.

Uruguai também terá
eleições presidenciais no domingo

. No dia 26 deste mês, quando ocorre o segundo turno no Brasil, também serão realizadas no Uruguai as eleições gerais, nas quais, segundo as pesquisas, o candidato da coalizão governante de esquerda Frente Ampla, o ex-presidente Tabaré Vázquez (2005-2010), deverá ser o mais votado, porém com empate técnico entre Vázquez e Luis Alberto Lacalle Pou, do Partido Nacional, o que pode levar o pleito a segundo turno.

. A construção de um porto de águas profundas no departamento (estado) de Rocha, no leste do Uruguai, perto da fronteira com o Brasil, é um dos principais projetos de infraestrutura do governo de Mujica, que já iniciou o processo de chamado aos interessados.

14 comentários:

jaco do morro belo disse...

Se depender do resultado eleição da Dilma, acho que vai dançar .

Anônimo disse...

Políbio,

A vitória do Aécio enterrará a Frente Amplio no Uruguay.

Este porto é "projeto" bolivariano do Foro de São Paulo.

O Uruguay já recebe investimentos de bolivianos ligados a produção de "farinha" na Bolívia.

JulioK

Anônimo disse...

PUERTOS brasinedos em nostros paises socialistas. Buenas! Mutias gracias, trouxas!

Anônimo disse...

O velho truque do investimento no exterior. Lá fora o TCU e o MP não podem investigar nada. Logo, é um excelente caminho para inplementar as propinas. Vai acabar.

Anônimo disse...

Mas de jeito nenhum!!! Chega o porto de Cuba feito as escondidas dos brasileiros. Os brasileiros vão melhorar seus próprios portos. O Bobalhão Mujica que vá fumar e vender sua maconha, e arrume seus portos.

Anônimo disse...

Prezado terrorista Mujica o porto dessa magnitude para o Uruguai está pensado, não para o seu País, mas para as empreiteiras e para os políticos nossos e de vocês, vide petrolão...se o Aécio for eleito tem que acabar com essa patifaria dessas empresas e paisécos que só querem se beneficiar com nosso suado dinheiro e o que é pior, a fundo perdido...
Abraços.
Carlos Bonasser

Anônimo disse...

Prezado terrorista Mujica o porto dessa magnitude para o Uruguai está pensado, não para o seu País, mas para as empreiteiras e para os políticos nossos e de vocês, vide petrolão...se o Aécio for eleito tem que acabar com essa patifaria dessas empresas e paisécos que só querem se beneficiar com nosso suado dinheiro e o que é pior, a fundo perdido...
Abraços.
Carlos Bonasser

Capitão Caverna disse...

A Dilma, até pode liberar a grana, mas o Aécio, vence e cancela o empréstimo, e vai afundar seu candidato para continuar com o bolsa canabis sativa.

Anônimo disse...

Vai plantar maconha, veio comuna....

Joao Coragem disse...

Concordo com o JulioK. A lógica "econômica" deste porto concorrente de Rio Grande e' o protejo Bolivariano do PT, alinhado no Foro de SP com a coordenação do "ministro das relações exteriores" do PT, o "Prof." Marco Aurélio Garcia. O ParTido-quadrilha entendeu que a melhor forma de mover dinheiro daqui pra lá e' usar "financiamentos" de projetos em países sem solidez institucional como Cuba e Uruguai. Mais fácil e de volume muito maior que "malotes" da Dep. Fed. Erika Kokai para Venezuela (entenda-se grana para os companheiros bolivarianos incluindo as FARC).

madame disse...

Carlos bonasser papagaio de madame gosta de repetir comentarios.

Anônimo disse...

(KKKKKKKKKKK) O "papagaio da madame" PETRALHA as 17:09, Carlos bonasser!!!

Anônimo disse...

O porto do URUGUAI é para carregar navios com MACONHA para o Brasil; A coca dos PTRALHAS vem por terra, visto que os que estão presos votaram todos na Dilma;
Do outro nosso Porto, construído em Cuba, é para embarque de tropas cubanas em navios brasileiros.

Tá bom assim, ou querem mais?

Jailson Mendes disse...

Calma, gente. Isso é um projeto para anexar o Uruguai futuramente. Vamos recuperar a Cisplatina! Hasta la victoria siempre!! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA