Comércio varejista fecha o primeiro trimestre com vendas 2% menores em Porto Alegre

ENTREVISTA
Guistavo Schiffino, presidente da CDL de Porto Alegre

Fechado o primeiro trimestre do ano, como é que ficaram as vendas do comércio varejista de Porto Alegre ?
Algo como 3% mais.
Nominal ou real ?
Nominal.
Então tivemos queda.
Sim, com certeza. Algo como 2%.
Como foi março, o último mês tabulado pelo Termômetro de Vendas ?
Menos 4% nominal ou 10% reais.
Como é que se explica isto, se o PIB do ano passado no RS bombou ?
São os números frios. Não gostaríamos que fosse assim. No período tivemos manifestações de rua muito violentas, greve prolongada dos ônibus, calor invulgar e carnaval em março, além de que a base de comparação, 2013, foi bastante alta, depois de um ano, 2012, muito ruim.
E a perspectiva, a Copa ?
A Copa ? Lembre-se que as atividades econômicas sofrerão paradas por ocasião dos jogos do Brasil. Nos demais jogos, muita coisa andará amarrada. Sei que se fala em muito dinheiro novo, R$ 100 milhões no caso de Porto Alegre, mas esse dinheiro talvez só entre no segundo semestre.
No interior e em Estados como SP o cenário é um pouco diferente.

Com efeito. Na média, é verdade. 

2 comentários:

Anônimo disse...

Acho que a era da gastança já era.

Anônimo disse...

Políbio,

Semanalmente, em dias alternados, passo em frente as Lojas de Eletrodomésticos.

Só vejo consumidores junto aos balcões de venda de "smartphones"! geladeira e fogão estão parados.

Vestuário as moscas e lojas de veículos idem(quando não fecham as portas)!!

Agora apareceram os "números" que o comércio já vem mostrando.

Greve, carnaval, .... são justificativas FURADAS, infelizmente.

Quer um exemplo para testar??

- Pergunte as empregadas domésticas quantos cartões de créditos elas tinham no final de 2012 e agora em 2014!! #ficadica

JulioK