PMDB tenta comer pelas bordas, antes de dizer quem é seu candidato ao Piratini

O PMDB do RS dividiu seu grupo de negociadores em duas partes, a fim de que uma delas negocie diretamente com o PSB e a outra converse com o PSD.

. O objetivo é firmar aliança para a candidatura do PMDB ao governo do Estado.

. O PMDB não decidiu quem será seu candidato ao Piratini, mas o nome mais forte é o do ex-prefeito José Ivo Sartori, que no entanto impõe como pré-condição para a disputa alguma coisa que divide o Partido:

- Nada de apoio à reeleição de Dilma Roussef.

. Como o Partido está dividido em relação a essa questão, a idéia foi botar a carroça na frente dos bois e começar pelo fim, ou seja, por coligações.


. Resta saber que se PSB e PSD pensam da mesma forma. 

4 comentários:

Anônimo disse...

Sartori não é candidato, o PMDB apoiará a reeleição de Tarso.

Marcelo disse...

PSD é duas caras então ja que fizeram acordo pra apoiar Vieira

Anônimo disse...

O PMDB é que nem aquele gato do Vinícios que pula do chão pro muro.

Anônimo disse...

ELES ESTÃO AGUARDANDO AS PROJEÇÕES, COMO SEMPRE APOIARÃO QUEM ESTIVER NA FRENTE, ESTILO CARRAPATO SE AGARRA E VAI SUGANDO. CHEGO A TER VERGONHA DE UM DIA TER VOTADO NO MDB.




EDUARDO MENEZES