Alemão da Siemens nega denúncias contra tucanos de SP. Caso pode ter sido armação do governo Dilma e do PT.

José Eduardo Cardozo admite ter entregado à Polícia Federal texto que acusa quatro secretários tucanos de ligação com o cartel do metrô. CLIQUE AQUI para ler Reinaldo Azevedo, para quem o ministro tem que se demitir, porque forjou provas que não existem.

O ex-executivo da Siemens, Everton Rheinheimer, entrou em contradição e agora nega ser o autor das denúncias que cita propina a políticos ligados aos governos tucanos em São Paulo, implicando os governadores Mário Covas, Serra e Alckmin diretamente no cartel de trens, segundo informa neste sábado o site www.brasil247.com.br, que desde o início do atual episódio compra e vende a posição do governo e do PT contra o PSDB. Os tucanos paulistas reagiram duramente na sexta, avisaram que processarão o alemão e mostraram uma carta em que ele pede ao governo uma vaga na diretoria da Vale em troca da delação. O desmentido de Rheinheimer compromete o PT, o ministro da Justiça e o presidente do Cade, que teriam produzido a armação toda. Leia mais sobre os desmentidos:

A Polícia Federal recebeu do gabinete do ministro da Justiça Eduardo Cardozo o documento que teria sido assinado pelo ex-executivo. Até esta quinta-feira, a informação divulgada pelo governo e pelo PT era de que a denúncia tinha sido entregue ao Cade pelo deputado do PT, Simão Pedro, mas isto era mentira, segundo reconheceu ontem o ministrro, que disse que foi ele quem entregou tudo ao seu subordinado do Cade. Rheinheimer teria feito acordo com o Cade de delação premiada. Agora ele nega tudo. 

. O presidente do Cade, o ministro, o deputado do PT, o alemão - todos mentiram. Ninguém sabe quem investigará e punirá os mentirosos, já que a PF também é subordinada ao ministro. 

. No relatório enviado no dia 17 de abril ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Rheinheimer disse que o hoje secretário da Casa Civil do governo Alckmin, deputado licenciado Edson Aparecido (PSDB), foi apontado pelo lobista Arthur Teixeira como recebedor de propina das multinacionais suspeitas de participar do cartel de trens na capital paulista entre 1998 e 2008. O deputado Arnaldo Jardim (PPS), ligado aos tucanos paulistas, também é citado como beneficiário.

. Mas em nota divulgada nesta sexta-feira, o ex-diretor da multinacional alemã volta atrás.

. "Vejo-me na obrigação de esclarecer que os documentos devassados e as informações publicadas como se fossem de minha autoria foram distorcidos e não condizem com a realidade", diz. Ele acrescenta que não será "suscetível a eventuais pressões ou discussões políticas paralelas à apuração da verdade".

CLIQUE AQUI para ler reportagem da revista IstoÉ de hoje, que conta a história que agora é negada por Rheinheimer.

HOJE, SÁBADO, DURANTE TODO O DIA
COMPRE E LEVE 
200 rótulos de cervejas artesanais de várias partes do mundo
BIER MARKT SHOP, mezanino da loja Espirito Santo, Porto Alegre. Também 4 torneiras de chope para degustar na hora.
Vá lá e se abasteça. 10h as 21h.
Rua 24 de Outubro 513. Fone 3208.2300.
www.biermarkt.com.br

12 comentários:

Anônimo disse...

ENTÃO, TEM QUE DEMITIR TODO MUNDO E, MANDAR PARA A PAPUDA.
ALIÁS TODO O PTpmdb DEVERIA ESTAR NA PAPUDA.
SÃO MUITO CORRRRRRUUUUPTOS.

Anônimo disse...

Os Chupins do PT sempre colocando o ovo no ninho dos outros...

Anônimo disse...

Da forma como procedem os petralhas fica muito difícil acreditar em qualquer denúncia que seja difundida por órgãos dirigidos por petistas, e que envolvam seus adversários. Já virou rotina as denúncias estarem desamparadas de qualquer prova idônea. Via de regra são denuncias caluniosas. O grave é que nada acontece com os caluniadores. É precisa eliminar este tipo de gente da convivência democrática.

Anônimo disse...

Ou armação dos TUC Ânus, quem me garante que eles não tenham intimidado ou comprado o elemento. Se a desconfiança serve para o PT, serve para o PSDB, até porque, nunca dá nada contra eles. O mensalão deles ocorreu 10 anos antes que o do PT e só agora tem relator no STF.

Anônimo disse...

Onde anda a mentirosa por transitado em julgado e que tinha provas claras como o dia contra Yeda? Em São Paulo, lugar onde agora começa a aparecer uma trama bem semelhante com provas que ninguém viu , mas toda a esquerda sabe que existe! A experiência no assunto de dossiês falsos e toda espécie de maldade esquerdo-bananeira pode estar a serviço das esquerdas petistas de SP, moral para fazer coisas assim esta moça tem de sobra, por transitado em julgado!

Anônimo disse...

Pode ter sido armação, não.
Foi armação.
E eles vão continuar lançando dúvidas.


mj

Anônimo disse...

Foi armação e é armação e agora os responsáveis estão tão a vontade que já começam a se identificar como quem iniciou/organizou a forma da denúncia.
Querem apostar que o único que vai ter alguma condenação em razão dessa tramoia toda? (lembrem dos aloprados, da quebra de sigilos bancários do motorista, da quebra dos sigilos envolvendo a família de José Serra, o Mensalão onde a maior condenação não foi para os mentores e favorecidos como lula que nem entrou no páreo?).
O mentiroso do alemão da siemens, pois tenho absoluta certeza da honestidade dos integrantes do Governo de Covas, José Serra e Alkmin.
Já o Haddad, o Tarso, o Agnello não acredito e tenho certeza da roubalheira que estão pactuando e fazendo.

Anônimo disse...

Tucanos são sempre inocentes, tadinhos,kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Anônimo disse...

Pra mim essa briga é que nem jogo Flamengo x Corinthians. Eu torço para que os dois percam.

Anônimo disse...

Quero ver a tucanalha na cadeia também.

Anônimo disse...

SE FOR VERDADE, É UMA AFRONTA AO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO.
É UMA PENA QUE TEMOS JUDICIÁRIO DE UM HOMEM SÓ, O HERÓI JOAQUIM BARBOSA.
ALIÁS O JUDI... É UM SISTEMA DE DEFESA DOS RICOS CONTRA O POVO TRABALHADOR, PORQUE RICO NÃO VAI PRESO.

Anônimo disse...

Está todo mundo com complexo de Joaquim Barbosa, são raivosos.

Mas não porque se preocupar, quando a processo chegar no STF o Barbosa senta em cima, como tem feito com o Mensalão tucano.