Aécio faz programa de candidato no RS. Ponto alto são visitas a Simon e São Leopoldo.

 - A surpreendente visita de Aécio Neves ao senador Pedro Simon, no apartamento do líder gaúcho no bairro Petrópolis, tem efeito simbólico. Simon e o tio de Aécio, o ex-presidente Tancredo Neves, de quem o gaúcho foi líder no Senado, foram amigos íntimos durante toda a vida. A reunião poderá render alguma simpatia ao tucano dentro do PMDB do RS, Partido que aparentemente produzirá outra dissidência em relação à direção nacional.

Apesar do extraordinário mau tempo que transtorna a vida dos gaúchos nesta segunda-feira, o senador Aécio Neves vem cumprindo a precisa agenda montada pelo PSDB do RS para sua viagem ao Estado.

. Ele chegou pouco antes do meio dia a Porto Alegre e em seguida foi para uma palestra na Federasul, na zona central, onde falou para duas centenas de pessoas, muitos dos quais do PP (Celso Bernardi, presidente), DEM (deputado Paulo Borges) e PPS (deputado Paulo Odone). A ex-governadora Yeda Crusius, que estava em São Paulo, chegou quase ao final do almoço.

. Além de Pedro Simon, Aécio também fez visitas a Feira do Livro e programou conversas nas duas redes de comunicação, RBS e Caldas Júnior.

. No final da tarde, depois de viajar de trem, participará de ato público em São Leopoldo, a mais importante cidade comandada pelo PSDB na Grande Porto Alegre.

. O discurso do candidato tucano à presidência na Federasul não teve novidades. Ele manteve o tom mais duro em relação ao governo e ao PT, como também defendeu o que fez o governo FHC no campo das privatizações: "Quando o governo copiou, acertou. As privatizações foram demonizadas por muito tempo, mas agora o governo se curva a essa necessidade. Precisamos substituir o software pirata pelo original". Aécio também  criticou o excesso de intervencionismo do governo brasileiro e lamentou a crise de confiança de investidores em relação ao país. Segundo ele, o Brasil se transformou um "grande cemitério de obras inacabadas e paralisadas".

— O Brasil precisa de gestão, ousadia e coragem para construir um projeto de país, e não de um projeto de poder.

14 comentários:

Anônimo disse...

Se o ponto alto é visitar este senhor que já está gagá, acho melhor revisar as próximas visitas.

Mario Rangel disse...

Para o Aécio Never e para o PSDBosta, se "o Brasil precisa de gestão, ousadia e coragem para construir um projeto de país", é como as máfias do Metrô e do ISS, estamos bem...

Anônimo disse...

Tanta gente para visitar, vai começar justamente pelos mortos.




Eduardo Menezes

Unknown disse...

Sera que ele trouxe o "conselheiro" Accioly junto? Imagina um cabra destes, que tem entre seus "amigos conselheiros" gente do calibre do Arminio 40% SELIC Fraga, tentando vender a imagem de "novo"? Sem falar, claro, na alcunha que um TUCANO paulista colou nele que diz o seguinte: PÓ para, governador. E sabe la o que o PÓ significa ne?

Unknown disse...

Este caboclo deve ter esquecido como os tais investidores estrangeiros CONFIAVAM no Brasil, a epoca em que a turma dele governava o pais. Vc lembra jornaleiro? Nao? Vou refrescar sua memoria? RISCO PAIS, a epoca da TUCANALHA no poder, batia nos DOIS MIL PONTOS. Esta e a confianca que os investidores, aquela epoca, demonstravam em relacao ao governo da TUCANALHA.

Anônimo disse...

Fraquissimo o pronunciamento dele na Federasul.
Acho que o PSDB deve trocar pelo Serra

Anônimo disse...

O Aécio tem cara de homem sério e macho, bem diferente , daquele palhaçote de palanque eleitoral.

Anônimo disse...

O editor sempre capricha nas fotos dos políticos de sua preferência e costuma denegrir as dos seus adversários. Tática manjada!!!

Anônimo disse...

A Madame Bovary explicau porque interferiu pessoalmente na CBF, onde conseguiu que a condenação do Cruzeiro no STJD (não jogar no Mineirão) fosse postergado depois do jogo do Gremio, prejudicando o time gaúcho, quem sabe tirando da Libertadores?

Anônimo disse...

Não sgarbi, o Minerim trouxe a cambada petralha, aqueles pilantras, como o 51, hahahaha, palhaço.

Anônimo disse...

O Anônimo das 20:03 conhece "macho" pela cara.

Como o Aécio não tem plataforma nenhuma e nenhum programa de governo sugiro que ele comece por:

1) Combate incessante sem tréguas aos norcotraficantes;

2) Pena de pelo menos três meses à regime fechado para usuários de cocaína.

3) Lei seca, mesmo, pena de 30 dias para quem dirigir bêbado e com carro em nome de empresa de rádio.

É um bom começo para um auto enquadramento.

Anônimo disse...

O Anônimo das 20:03 conhece "macho" pela cara.

Como o Aécio não tem plataforma nenhuma e nenhum programa de governo sugiro que ele comece por:

1) Combate incessante sem tréguas aos norcotraficantes;

2) Pena de pelo menos três meses à regime fechado para usuários de cocaína.

3) Lei seca, mesmo, pena de 30 dias para quem dirigir bêbado e com carro em nome de empresa de rádio.

É um bom começo para um auto enquadramento.

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKK, a petralhada tá em polvorosa, bateu o pavor neles... Vide sgarbi et caterva !

Anônimo disse...

Não tem o que fazer pelas fotos dos petistas. Estão sempre mal-humorados e se acham os donos da moral e da razão.. , mas só pros outros, é claro!! Só podem ficar feios nas fotos e não tem photoshop que faça milagres!