Ceitec é um sorvedouro insaciável de recursos públicos. Só privatização salva o fracassado projeto gaúcho.

Não chegou a causar espanto a posição do presidente da Ceitec, Sylon Gonçalves da Silva, que é a de passar adiante o controle da estatal federal erguida no RS para produzir semi-condutores e que já vampirizou R$ 600 milhões do Tesouro Nacional.

. A estatal é um fracasso.

. Ela não se paga e ainda exige muito dinheiro para continuar investindo.

. O ministro de Ciência e Tecnologia, o gaúcho Marco Antonio Raupp, não quer nem ouvir falar nisso.

. Diante das resistências, a melhor opção poderá ser um acerto do tipo PPP, com alguma empresa estrangeira poderosa produzindo dentro da própria Ceitec, num primeiro momento, para depois assumir todo o negócio.

7 comentários:

Anônimo disse...

Mas qual é, afinal de contas, a estatal que é auto-suficiente e lucrativa ???

Se não fossem os inúmeros benefícios a que tem direito na condição de entes públicos, jamais teriam condição de competirem com a mais fuleira das empresas que operam na iniciativa privada.

E os otários brasileiros que acreditam que moram num país rico, e acreditam na propaganda vigarista e mentirosa do maldito PT, tem mais é que carregar no lombo o tamanho desta carga tributária !

Brasil, um país de tolos !!!

Anônimo disse...

Isso é um poço sem fundo. Quando era privada - sim, já foi - a solução era estatizar. Agora que é estatal, a solução é privatizar. Quem botaria seu dinheiro nesse sorvedouro? Eu não compraria uma única ação. Nem o tal "chip do boi" deu o ar da sua graça até agora...

Anônimo disse...

Grande novidade, uma estatal que só dá prejuízo.... é de rir.... lembram da famigerada CRT(companhia rio-grandense de telecomunicações), comprei e paguei uma linha telefônica, na época, em 24 suaves prestações e levaram 4(quatro) anos prá me entregar a linha. Ainda tem uns petralhascomunistas que atacam a privatização dessa Coisa. Há mtos anos até carroceiro tem celular. Estatal serve prá cabide de emprego dos políticos.

Surfista Prateado disse...

E o editor aplaudiu a criação deste lixo! Devia continuar aplaudindo!

Victor Hugo disse...

Quando a CEITEC direcionava a solicitação de estagiários somente para universidades/faculdades escolhidas a dedo, como se fossem as "únicas" e melhores, ela era ainda uma empresa que (des)acreditava em seu potencial. O BRDE também fazia (ou faz) isso. Mandava o pedido somente para os "the be$t" universitários. Tá aí o resultado. Nem isso ajudou. Margin Call é um filme interessante.

Anônimo disse...

O mínimo que um jornalista que se respeite deve fazer é ir na busca da informação a qual está tentando veicular. Para seu conhecimento Sr. Prolibio, o nome do presidente é Cylon e não Sylon como sua notícia mal fundada e sensacionalista divulgou.
Ao copiar uma notícia de um grande veículo de comunicação do estado, devia ao menos se dar o trabalho de ler a mesma com cuidado. Sensacionalizar uma notícia já sensacionalista é uma tarefa que qualquer macaco poderia fazer. Busque se informar melhor a respeito deste projeto, o qual visa fomentar a atividade da microeletrônica no país.

Anônimo disse...

Privatização já