Saiba por que Tarso voltou atrás e não compareceu à posse de Fortunati

Como não houve explicação alguma para a ausência de Tarso Genro na posse do prefeito de José Fortunati, PDT, embora ele tivesse afirmado e reafirmado que não faltaria aos eventos dos seus aliados de Porto Alegre e Rio Grande (Alexandre Lindenmeyer, PT), o editor foi atrás das razões da mudança de humor do governador, descobrindo o seguinte:

- Tarso não gostou das entrevistas de Fortunati à TV Com e à Folha de S. Paulo, nas quais afirmou e reafirmou que não quer saber da reeleição do petista em 2014.

. Como todo bom carcamano, no bom sentido, o prefeito de Porto Alegre até perdoa os agravos, mas não esquece. O editor recomenda a leitura do livro “O Fascínio da Estrela”, onde José Fortunati conta em detalhes como foi tratado em Porto Alegre, quando era do PT.  

*REABERTURA NESTA QUINTA
Cervejas e chopes artesanais. 69 opções diferentes.Bier Markt, Porto AlegreNa Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
São 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina e com cardápio diferenciado.

Mais informações: www.biermarkt.com.br

3 comentários:

Anônimo disse...

Fogaça, digo, Fortunati éra tão forte no PT que quando saiu nem seu chefe de gabinete quis ir com ele.

Anônimo disse...

É nisso que dá contrariar a "estrela".
Falando em estrela, se fosse a Madona que faltasse a gente até ia ficar triste, mas o Tarso.....

Anônimo disse...

Agora ele provou que não era um zé ninguém. Ganhou a eleição e o candidato do PT fez fiasco.
Nenhum dos dois ganhou meu voto, entretanto acho que Fortunatti merece o devido respeito.
Pelo que ví não fez falsas promessas.
Talvez este seja um dos motivos que não tinha espaço no PT que é useiro e vezeiro em fazer falsas promessas, que logo a primeira vista uma pessoa com algum esclarecimento logo vê que são bazófias. Vide a transposição do São Francisco, as 500 creches de Dilma, as 100 UPAs, os 800 aereoportos, o pagamento do piso aos professores, o fim dos pedágios, etc....