Entenda melhor o que está por trás das investigações da Operação Cosa Nostra sobre a prefeitura do PT de São Leopoldo

O dossiê que narra com pormenores as malfeitorias investigadas na prefeitura de São Leopoldo, RS, elaborado pelo ex-secretário de Desenvolvimento, Marco Antonio Pin heiro, serviu de base para a investigação em andamento na Polícia Civil, Ministério Público e Tribunal de Contas. O dossiê tem 2.300 páginas, mas o compacto possui apenas 230 páginas. O editor tem os dois arquivos, copiados em pen drive.

. Na Polícia Civil, a investigação foi desencadeada há 15 dias, sob o título Operação Cosa Nostra. Os policiais apreenderam documentos e computadores dentro de cinco prédios da prefeitura, na Câmara e na casa dos empresários.

. Os nomes escolhidos pela Polícia costumam ser esdrúxulos, mas neste caso de São Leopoldo o nome encontrado parece ter a ver com a origem italiana do prefeito Ary Vanazzi e também com as famílias que controlam as 92 empresas denunciadas. Apenas uma das famílias, a Ferreira da Silva, possui nove empresas, todas do ramo de construção e pavimentação. Desde 2005, elas faturaram R$ 20 milhões. Seus sócios são do PT. Apenas uma das empresas, cuja sede fica num apartamento JK do centro de São Leopoldo, faturou R$ 13 milhões no período. O conglomerado é integrado por seis irmãos, quatro filhos e três sobrinhos. Eles costumam competir entre si nas licitações.

6 comentários:

Anônimo disse...

Fiquei sabendo há pouco tempo que, mesmo com o Hospital Centenário estando naquele estado de insalubridade, a prefeitura de SL dava verbas públicas para o Clube de Futebol Aimoré. Uma vergonha...

Anônimo disse...

Apenas uma amostragem da GRANDE CASANOSTRA BRASILEIRA, do Maranhão ao DF, subsidiada por mineiros e paulistas, com áreas de distribuição carioca, subestação nos restante dos estados.

Como dizem seus representantes: .. são "as base politicas".

Anônimo disse...

Pois é, anônimo das 14:19, enquanto a população não se dispuser a acompanhar como o dinheiro público é (mal) gasto, com patrocínio de clubes de futebol e escolas de samba, não tem jeito : é saúde pública de péssima qualidade, falta de segurança, etc ...

Cada vez que um prefeitinho salafrário diz que vai dar dinheiro pra escola de samba ou pra clube de futebol eu tenho vontade de dar-lhe uma camaçada de pau e dar uma tijolada na orelha do imbecil !

Luiz Vargas disse...

Se fosse a sequência de uma outra operação, esta bem que poderia ter um nome a altura do governador far$ante e embu$teiro: OPERAÇÃO COELHO NA CARTOLA.

Anônimo disse...

Aviso ao Navegantes. Cassaram mais um politico do PSDB (São Luis)...Mais um........

Anônimo disse...

Olha aí o maranhense assalariado do SARNEY as 21:49.