Artigo – Governo Dilma, balanço e perspectivas


Neste artigo para o Estadão desta quarta-feira (página A2), o cientista político Carlos Mello analisa o primeiro ano de Dilma Roussef. Mais do que o artigo, é a charge de Leo Martins que parece representar com mais fidelidade o que está acontecendo neste governo do PT. Perceba-se na charge ao lado que Dilma caminha para as férias, deixando atrás de si um Judiciário (o STF) em chamas – chamas que também permearam o seu governo de 12 meses.

. Carlos Mello reclama que a presdiente não tentou emplacar uma nova agenda, reformista, moderna e audaciosa, porque governou para não criar atritos e por isto não avançou nada.

. A verdade verdadeira é que muitos intelectuais e políticos ainda sustentam algum tipo de ilusão em relação a Dilma e ao PT, quando deveriam partir para uma crítica contundente sobre a absoluta falta de proposta de todos eles.

CLIQUE AQUI para examinar melhor o texto.

13 comentários:

Anônimo disse...

Brasil, país rico. "Potença"

Brasil não tem dinheiro para os aposentados mas....... deverá fazer uma super-doação à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos: o Itamaraty já confirmou a contribuição (sem precedentes) de US$ 7,5 milhões. @fitzca

Anônimo disse...

Dizer que a a Dilma tem responsabilidade pela guerra do judiciário, é no mínimo ignorância, mas eu acho que é ma-fé mesmo.

Mariano da rep. de santa maria

Anônimo disse...

Assim como o Lulla, a Dilma surfa no crescimento econômico, baseado numa pauta favorável de exportações. Reformas fundamentais para prepararmos o futuro, tributária, política, previdenciária, nada. O futuro vai nod cobrar essa conta.

Anônimo disse...

Dilma é a marionete, o espelho que reflete o melhor de seu partido. O resto é treva. Treva pura. Achas que somos um partido? a "direita"? Cagou. Somos quem entende que há uma quadrilha em ação. Você parece lucrar com isso.

Anônimo disse...

nem vou me dar ao trabalho de ler...

deve ser mais uma daquelas analises que dizem que a búlgara os surpreendeu positivamente...

ja que a expectativa era de um governo tao medíocre, mas tao medíocre que mesmo ela não fazendo absolutamente nada, so deixando o avião no piloto automático, já parece um baita sucesso...

o mesmo tipo de analise foi feito sobre o desempenho da búlgara nos palanques...

a expectativa de um bom desempenho era tao baixa, que toda aquela vergonheira que ela fez em cima dos palanques - trocando nomes de cidades, de políticos, sem contar as mentiras - foi tratada como um ótimo desempenho, já que ela não chegou a ponto máximo da loucura que seria rasgar dinheiro em cima do palanque...

esta tudo tao nivelado por baixo que ate o Bananão, com favelas engolindo praticamente todas as grandes cidades do pais, eh tratado agora como potencia econômica...

Anônimo disse...

A VERDADE QUE O POVO NÃO QUER REFORMA NENHUMA,É GATO ESCALDADO QUE SABE QUE AS COISAS SÓ MUDAM PRA PIOR,QUANDO VEM DO CONGRESSO. O PT SABE DISSO,A DILMA SABE DISSO E POR ISSO ESTÃO NO PODER. O PSDB NÃO SABIA A O PERDEU...

Anônimo disse...

É bom observar que um servidor público (concursado) só tem direito a férias após um ano de trabalho. Tarso já esteve em férias de uma semana na Espanha e, agora, vai gozar mais 15 dias de férias. Dilma não completou 12 meses de serviço e obteve o direito de gozar férias.

Anônimo disse...

Mariano, voltou, em parte tem razão. Mas, como ptista não sabe ou não quer saber que é responsabilidade do executivo apresentar ao legislativo projetos de leis, para então o judiciário "não pegar fogo".

Anônimo disse...

Se mesmo assim ela conta com a aprovação maciça do povo, provam-se duas coisas :

1ª - que o povo não tá nem aí para o que rola nos bastidores, pois não lê, não se interessa por política, e tampouco, pelos negócios do Estado ;
2ª - que a eficiência da propaganda petralha dispensa a realização de qualquer coisa, basta anunciar e divulgar.

Anônimo disse...

O judiciário, assim como o legislativo tem uma independència virtual, pois as coisas que interessam chegam e as necesserárias e devidas não. Dilma está decepcionando. Cadê a guerrilheira que pegou em armas, fez e aconteceu? Seria somente covardia escondida atrás das suas habituais grosserias? Acho que é por aí! Não espero nada dela, assim como não esperava de Marina, caso vencesse as eleições.

Anônimo disse...

quase sempre dedico um tempo para "brincar" no Google Street View...

ontem fui dar uma checada na periferia de POA...

Deus do céu, eh essa a 6 economia do mundo?

um aglomerado de favelas, com casas inacabadas, ruas esburacadas, vielas assustadoras, fiação elétrica amontoada em postes capengas, lixo espalhado pelas ruas e todo tipo de desordem que compõe o tétrico cenário das grandes cidades dessepaiz...

e tudo o que descrevi ai serve também para a periferia do RJ, de SP e BH...

aos brasileiros muito ufanistas e nacionalistas bocós, sugiro um choque de realidade através da tela do computador...

dediquem um tempo para "passear" pela realidade das grandes cidades brasileiras e se toquem das besteiras que falam por ai, como o tal padrão europeu em 20 anos...

em míseros 20 anos não eh possível nem gabaritar uma unica favela dessepaiz para classifica-la como tendo padrão europeu de qualidade de vida, que dirá fazer isso com um pais inteiro gigantesco como esse...

só mesmo na cabeça doentia daquela manteiga sem noção...

Anônimo disse...

Esta "Presidenta Incompetenta" e uma ignorante de pai e mae que nao tem capacidade para gerenciar nem a sua lojinha de artigos a R$ 1,99 que ela conseguiu quebrar no passado. Euy nao queria essa veia feia com dentadura de elefante nem como sindica do meu condominio!Alem disso quem nao sabe qual e o "verdadeiro Presidente do Brasil"?! Ora e o Gamba Apedeuta!!!

Anônimo disse...

Brilhante a observação do anônimo das 22:10.
Os maiores beneficiados pelas não- reformas são os grupos com maior poder de comunicação: funcionalismo público, sindicatos e políticos que impõem um estado de letargia ao Brasil.
Se a sociedade brasileira ainda tem um pequeno grau de conforto deve-se às grandes reformas privativistas do FHC, mesmo assim não foi reconhecido. Veja o caso da Yeda, com todas dificuldades ainda realizou tantos projetos pelo RS, foi trocada pelo símbolo da não-reforma que é o PT gaúcho.