Antiviral acelera a recuperação de pacientes não hospitalizados com o vírus chinês

Um estudo preliminar realizado por pesquisadores do Centro de Doenças do Fígado de Toronto, ligado à UHN (University Health Network) de Toronto, no Canadá mostra que um medicamento antiviral experimental permitiu a rápida recuperação de pacientes não hospitalizados com o vírus chinês. 

O medicamento, chamado peginterferon-lambda, também diminuiu a infecção comunitária, por ter cortado a fácil transmissão do vírus pelos contaminados.

CLIQUE AQUI para ler a reportagem.   

15 comentários:

Anônimo disse...

A militância de jaleco ignora qualquer tratamento que possa atrapalhar sua agenda.

Anônimo disse...

Então deve ter cloroquina na composição da fórmula.

Anônimo disse...

Um estudo da universidade de Krankyde afiança que o uso do Pó de Ptrlimpimpim e eficaz contra o Vírus Bolsonerus infectus.

Anônimo disse...

Veja India, tratamento precoce com Invermectina, ta zerando as mortes

Anônimo disse...

Perguntinha básica :Quanto fusta esse medicamente e qual Laboratório é o produtor?

Ariel disse...

TALVEZ, SE E, SOMENTE SE ESTRANGEIROS FALAREM OS TUPINIQUINS ACREDITARÃO; FAÇO VOTOS QUE SIM!

Alaor disse...

Não sabe o que dizer fique quieto.

elianemoura disse...

Não pode! Tem que morrer gente pra canalha psicopata esquerdista culpar o Bolsonaro!

José Corrêa disse...

O #gaadoEsgotosfera Anônimo das 11:24 só acredita em cloropinga e ozônio no Itajaí!!!

Anônimo disse...

Alfafa

Anônimo disse...

A Índia está vacinando todo mundo por lá. Deixa de ser tolo

Glenio disse...

Tu é só burro, ou além disso, é mal intencionado?

Glenio disse...

Tu é só burro, ou além disso, é mal intencionado?

Glenio disse...

Tu é só burro, ou além disso, é mal intencionado?

Anônimo disse...

Isso é interferon