Saiba por que eles não poderão obrigá-lo a tomar a vacina chinesa

 

14 comentários:

Anônimo disse...

Essa teoria serve para a vacina contra a polimielite? Qual o louco (a) que quer que seu filha nasça com problemas dessa magnitude?

Anônimo disse...

Doria precisa desesperadamente enfiar aquela porcaria em nós. A pandemia está arrefecendo mesmo com praia e demais espaços públicos lotados. Não tem uma única pessoa que eu conheço que não tenha conseguido uma receita do kit Covid-19. Então ele tem pressa para dizer que foi a vacina dele. Complexado como é, a exemplo da hidroxicloroquina, que ficou conhecida como o remédio de Bolsonaro, Doria precisa de algo para chamar de seu.

Anônimo disse...

Tá certo, e quem quiser comprar as sementes de feijão do pastor do chapelão que compre uai, só acho que o preço tá meio salgado.

Anônimo disse...

Acho que as coisas vão caminhar naturalmente. Todos conhecemos esquerdistas, certo? Minha família é pequena, no entanto tem dois. Deixa irem na frente, aguarda seis meses, se não começarem a mugir e galopar, a gente repensa o caso. É só não ficar próximo, os coices podem ser os primeiros efeitos colaterais.

Anônimo disse...



Se essa é a intenção do João Dória, ele se ferrou porque quem já está desgastado e continua se desgastando ainda mais é ele mesmo. Não queremos ser obrigados a tomar uma vacina de uma pandemia planejada propagada propositalmente para entre outras coisas, empurrar uma vacina que não foi feito teste de médio e longo prazo.

Anônimo disse...

E se o STF, provado para o mundo como corrupto em quase todas as suas decisões,desde soltar chefões do tráfego, grandes bandidos até ao ladrão mundial Lula, se meter a obrigar a vacina, os brasileiros terão o direito de pensar em quanto foi a propina milionária para cada ministro corrupto obrigar a vacinação e a seguir, reagir como cada qual puder!

Unknown disse...

E a urna é segura?

Anônimo disse...

Vou tomar de livre vontade, se tiver disponível no mercado. Se o traíra genocida dificultar a nossa vacinação, a caneta do povo agirá contra ele.

Anônimo disse...

Flavio Rachadinha e a mulher se esbaldando no Surubao de Noronha as nossas custas. Esses milicianos são uma vergonha. Tai a nova política da gang

Anônimo disse...

Vai lavar o calção rapaz, faz três dias que não tira

RICARDO AMMIRABILE VIANNA disse...

69% dos Paulistas desaprovam qualquer manifestação de Bolsonaro, 98% destes querem tomar a vacina, quem não quiser que não tome ,e corra o risco de morrer do virus, e entrar para a estastiticas junto com 200.0 mil de Brasileiros que infezlimente não tiveram outra alternativa. E temos que ver este Presidente estupido , que só tem atitudes ridiculas. A história esta sendo registrada e todos os que defendem Bolsonaro irão reconhecer seus erros, pena que isto terá um custo alto para sociedade.

Anônimo disse...

Será q não caberia uma investigação? : das duas uma: ou a China mentiu o número de mortos lá (país mais populuso do mundo)? Ou os chineses já estão todos vacinados!!

Anônimo disse...

Morrer é um direito que voce tem. Ninguém vai dificultar nada,

Anônimo disse...

Jabuti não sobe em árvores, mas é um bicho muito discreto, que costuma sumir sem que ninguém perceba e reaparecer em lugares inesperados, como debaixo da cama do dono, fazendo lá uma cagada bem malcheirosa.
.
Ainda que a vacina não seja obrigatória, certamente haverá coerções, como empresas obrigando seus funcionários a se vacinarem. Quem não o fizer, será demitido. Justiça do Trabalho agora custa dinheiro para o trabalhador. E aí?
.
E o ativismo judicial certamente voltará a mostrar sua cara feia, passando por cima dos poderes executivo e legislativo para coagir cidadãos.
.
E certamente, crianças, que não podem dizer não, serão vacinadas independentemente da vontade dos pais. Foi assim em 1974, na epidemia de meningite, em que fomos vacinados à força nas escolas com uma vacina experimental.
.
E para complicar a coisa, pelo negacionismo e por toda a pajelança feita com cloroquina, vermífugo e ozônio, o movimento contrário a vacina está sem credibilidade. Vai ser difícil fechar o abaixo-assinado com um número significativo de apoiadores.