As fotos mostram a revista íntima no senador da cueca

A qualidade é muito ruim, mas dá para ver o momento da revista na cueca.

O ministro Luis Roberto Barroso passou o caso para o pleno do STF e o Senado reúne-se para dizer se referenda a posição do ministro.

Rede e Cidania já entraram com pedido de cassação.


O relatório da Polícia Federal sobre a operação contra o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) contém imagens do momento em que os agentes encontram dinheiro escondido na cueca do parlamentar, ex-vice-líder do governo Bolsonaro no Senado. 

As fotografias foram reveladas nesta sexta-feira e divulgadas inicialmente pelo site Poder 360. A nitidez é baixa, mas é possível identificar um policial federal revistando a parte de trás do short do senador, além de notas de R$ 200 e o dinheiro retirado em seguida. Segundo o documento da PF, Chico Rodrigues escondia R$ 15.000 nas vestes íntimas.

A ação também foi registrada em vídeo. O ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federa (STF), determinou que a gravação fosse guardada em um cofre da PF. Na mesma decisão, o ministro Barroso determinou o afastamento de Chico Rodrigues por 90 dias. A decisão foi submetida ao Senado, a quem cabe confirmar ou rejeitar o afastamento.

15 comentários:

Anônimo disse...

Cara, é Francisco Rodrigues fazendo streap tease para a Policia Federal ou é ele fazendo exibição para leilão pela internet do seu fiofó de ouro??? Começou bem sua carreira, pois nos garimpos é assim que é feito para se leiloar as prostitutas aos garimpeiros taradões, com meses no meio do matagal garimpando e sem ver uma mulherzinha nem para chá!

Anônimo disse...

ACHO ERRADO DIVULGAR ESSAS IMAGENS, JÁ QUE O MINISTRO BARROSO ORDENOU QUE FOSSEM GUARDADAS EM COFRE, JUSTAMENTE PARA EVITAR ESSE CONSTRANGIMENTO AO SENADOR, QUE NÃO É IDOSO, MAS NÃO É JOVEM. INDECOROSA A PUBLICAÇÃO, NA MINHA OPINIÃO, EMBORA NÃO TENHA NENHUM APREÇO A GENTE CALHORDA COMO ESSE CIDADÃO E FIGURA PÚBLICA. EX-QUASE-UNIÃO-ESTÁVEL COM O PRESIDENTE BOLSONARO, PARTIRAM PARA A BAIXARIA, PARA A DESCLASSIFICAÇÃO, ASSIM COMO FIZERAM COM SÉRGIO MORO. TENHO CERTEZA DE QUE TAL ATITUDE PARTIU DO GABINETE DO ÓDIO, DE ONDE COMANDAM TODAS AS AÇÕES DE PATIFARIA, FALTA DE HUMANIDADE. DIVULGAR ESSAS FOTOS FOI TÃO TRISTE, SR. EDITOR. FIQUEI MUITO DECEPCIONADA COM TUDO ISSO. ASSIM, SÓ POSSO LAMENTAR MEU VOTO NO ATUAL PRESIDENTE.

Anônimo disse...

Em que ficou o caso do "capitão cueca"....???? aquele dep.federal do PT, que tinha a cueca recheada de DÓLARES...???? não deu em nada...???

Anônimo disse...

EM Boa Vista sumiram os batedores de carteira, a moda agora é meter a mão no fiofó alheio, se quem levar a mãozada reclamar eles dizem que estavam garimpando!

Anônimo disse...

Se fosse só na cueca não precisaria sigilo no vídeo.

Creio que parte estava 'lá naquele lugar' mesmo.

Anônimo disse...

Imprensa internacional repercute ‘crime da cueca’ de senador fiel a Bolsonaro:

16 out 2020 - DCM

“Com a mão nas calças”, diz a revista norte-americana Newsweek. “Dinheiro entre as nádegas”, exclama o jornal francês Le Figaro. “Dinheiro nas cuecas”, titula o jornal português Público. “Propina na Bunda”, detalha o britânico The Guardian. A imprensa internacional não se cansa de se surpreender com os “plot twist” de personagens do governo do presidente brasileiro Jair Bolsonaro. Nesse caso, os jornalistas descrevem, às vezes em detalhes minuciosos, o misterioso aparecimento de R$ 30 mil “entre as nádegas” do senador e liderança bolsonarista no Congresso, Chico Rodrigues.

“Senador brasileiro é apanhado com dinheiro na roupa de baixo [underwear, em inglês] durante investigação de fundos desaparecidos da Covid”, titula a revista Newsweek nesta sexta-feira (16). Segundo a publicação, o senador brasileiro bolsonarista Chico Rodrigues teria sido “ousado” ao “supostamente tentar esconder fundos do governo”. “A polícia encontrou R$ 30.000 em dinheiro escondidos na cueca do líder do estado de Roraima, quando procurava por dinheiro desaparecido para combater o coronavírus”, escreve a revista.

A Newsweek vai mais longe e cita a publicação portuguesa Revista Crusoé, que teria dado uma descrição mais “vívida” sobre a história. “Para dar uma ideia de como a situação era absurda, algumas das notas recuperadas estavam manchadas com fezes”, publica a revista, acrescentando que “foi uma cena de considerável embaraço”.

Mais pudico, o jornal conservador francês Le Figaro titula: “Brasil: maços de notas encontrados na cueca de um senador”. “Eleito há dois anos prometendo tolerância zero para a corrupção, o líder de extrema direita [Jair Bolsonaro] foi atingido por escândalos que afetaram seus parentes, incluindo seu filho mais velho, Flavio, também senador”, lembra o jornal francês, utilizando informações pré-divulgadas pela agência AFP. “Este último é acusado de ter contratado empregados fantasmas para desviar dinheiro público quando foi deputado pelo Estado do Rio de Janeiro, de 2003 a 2018. O próprio chefe de Estado é alvo de investigação por suposta interferência em investigações da Polícia Federal visando seus familiares”, relembra o jornal.

#PropinaNaBunda
Incisivo, o britânico The Guardian vai direto ao ponto: “Polícia encontra dinheiro escondido entre as nádegas de aliado de Bolsonaro”. “Os brasileiros compartilharam a notícia nas redes sociais com a hashtag viral #PropinaNaBunda (A Bribe up the Bum, em inglês). Muitos sugeriram que o achado seria lembrado ‘nos anais da história’ “, diverte-se o jornal, com o típico humor inglês.

Já o jornal português Público lembra que “[o senador Chico Rodrigues] está há mais de 30 anos na política, 20 dos quais como deputado federal e era um companheiro frequente de Bolsonaro”. “A relação entre os dois parlamentares era tão próxima que Bolsonaro chegou a descrever esse período de camaradagem na Câmara dos Deputados como ‘quase uma união estável'”, publica.

Anônimo disse...

Estou vendendo uns filhotes de um bichinho chamado "senatorum cagantis" .
É feinho. Come pouco, mas sua manutenção é caríssima!
Mas o maior barato são as fezes.
Enquanto os "senatoruns" são pequenos: só defecam moedinhas de 10, 25 e 50 centavos!
Mas, quem já teve um até a idade adulta, garante que chegam a defecar 33 mil reais por "cag..."!
Quem se interessa?
Aviso: são bichos que se criam em bandos, de 81 ou 513, preferencialmente, e enlouquecem em pandemia, falta de litações, épocas de eleição, etc.
Fora isso..... é só manter longe de promotores, juízes, tipo Moro e Deltan.
Parece que alguns espécimes são alérgicos a policiais também!

Anônimo disse...

Precisa publicar o video

Porca miséria ! disse...

O pior de tudo ainda é que, se cassado, quem ainda assume é o próprio filho, numa pouca vergonha de nossas leis que permite uma imoralidade dessa, ou seja, é trocar seis por meia dúzia, a prevalecer o ditado ao dizer que "filho de peixe, peixinho é !".

Anônimo disse...

O EDITOR NÃO AUTORIZOU QUALQUER COMENTÁRIO SOBRE ESTE ASSUNTO. TEMPOS ESTRANHOS...

Anônimo disse...



Apareceu pro Brasil o Chico BUNDÃO, aguarde que vai ter mais

Anônimo disse...

NÁDEGAS A DECLARAR!!!

Anônimo disse...

Nao entendi nada das imagens. Podia explicar me?

Gustavo disse...

Tem que publicar tudo (e de forma nítida), é um empregado nosso fazendo M..
Deve ser demitido..

Anônimo disse...

Até na Índia noticiaram esse coisa.
.
Corrupção sempre existiu no Brasil, o problema é a dimensão que atingiu, sendo hoje na prática considerada um direito humano fundamental de políticos e empresários mamadores de tetas estatais.
.
Se eu voltasse 50 anos no tempo e contasse para meus amigos de escola que no futuro políticos levariam dinheiro enfiado naquele lugar e tudo o mais que acontece aqui, me achariam um louco.