Produção industrial cai pelo 3º mês seguido e tem pior julho em 4 anos

A queda foi de 0,3% na comparação com o resultado de junho. No acumulado no ano, recuo chega a 1,7%.

14 comentários:

Anônimo disse...



O PODER DA ADIVINHAÇÃO!!!!
O PODER DA ADIVINHAÇÃO!!!!
O PODER DA ADIVINHAÇÃO!!!!
O PODER DA ADIVINHAÇÃO!!!!


-Deixe-me adivinhar: A culpa é do PT!!!!


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!!!!!!!





Anônimo disse...


ABRAÇO DE AFOGADO!!!

ABRAÇO DE AFOGADO!!!

E LEVA JUNTO O GOVERNO DE BOLSONARO!!!

Anônimo disse...

efeito bolsonaro

Anônimo disse...

Quando chegaremos ao final do poço?

Anônimo disse...

Indústria cai de novo. E não chegou o “efeito Argentina”:

FERNANDO BRITO · 03/09/2019 - O Tijolaço

O IBGE divulgou agora cedo o resultado de sua pesquisa sobre a produção industrial.

Menos 0,3 sobre junho e 2,5% em relação a julho de 2018, o que deixa o acumulado em 12 meses no negativo de 1,3%.

Não entrou na conta, claro, o efeito desastroso da crise argentina sobre nossas exportações industriais.

Os hermanos nos compravam sete entre cada dez automóveis exportados por nossas fábricas.

Em todos os setores, em agosto de 2018, exportamos US$ 1,33 bilhão para a Argentina. Mês passado, só US$ 793 milhões.

E a derrota eleitoral de Macri foi apenas no dia 9.

Portanto, o que está ruim, vai piorar.

Anônimo disse...

Que caia mais e mais, até ficar enterrada debaixo da terra.
Quem sabe assim aprendem a respeitar presidentes que governam para o Brasil e não para os EUA e/ou para a plutocracia mundial

Anônimo disse...

O objetivo deles e por pura competência de fazer merda, é provocar o caos para justificar entregar tudo para o EUA. Inclusive a Petrobras.
Êh, ô, ô, vida de gado
Povo marcado
Êh, povo feliz!

Anônimo disse...

esqueceram de incluir as 3 carretas de abacate? Faria uma grande diferença. Mas como é produção industrial, não deve ter entrado.

Anônimo disse...

E o genial ministro da economia diz que o Brasil não precisa da Argentina para crescer. O pessoal da nossa indústria automobilística deve ter arrancado os cabelos de raiva.

Anônimo disse...

Nossa grande e orgulhosa indústria vai inteirinha para o vinagre, porque o gestor colonial não quer concorrências com a matriz. A indústria automobilística vai ficar reduzida a oficinas de lanternagem de fundo de quintal, para recuperar mil vezes seguidas veículos usados por décadas, já que ninguém vai poder comprar mais carro zero.

Anônimo disse...

A saída é instalar um poderoso complexo industrial para fabricar bijuterias de nióbio. Como já sugeriu o imbecil presidente...

Anônimo disse...

Nossa que gente mal intensionada nesse Blog! Não foram os últimos governos que quebraram o Brasil? Ficaram16 anos iiiiiiii! O Presidente Jair Bolsonaro faz somente 7 meses que está no poder e já fez muito mais. Que pena que a Extrema Imprensa não divulga. Lamentável pois estamos todos trabalhando para tirar o país da maior Crise Econômica jamais contada na História do Brasil.

Anônimo disse...

Culpa das instituições e burocratas travestidos de politicamente correto.

Ultra 8 disse...

Parabéns ao Fabiano, Bolsonaro e o seu garoto de Chicago.

O PT, e o foro de São Paulo, agradecem.

A guerra das tesouras, para enganar o povinho brasileiro.