Juiz sespende processo administrativo contra Dallagnol

O juiz federal Nivaldo Brunoini determinou a imediata suspensão do Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o coordenador da Lava Jato Deltan Dallagnol.

O processo investiga se o procurador cometeu violação funcional e deixou de observar os deveres funcionais e de guardar o decoro ao fazer críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A decisão foi publicada sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná na tarde deste domingo e acata um pedido do coordenador por conta de uma mudança dos advogados durante o processo. Deltan justificou o pedido dizendo que a defesa que assumiu o caso não foi notificada para apresentar as alegações finais.

8 comentários:

Anônimo disse...

que vergonha, bandidinhos judiciais funcionários públicos, blindados

João Bucecha disse...

Assim como Moro, Dallagnol é outro herói nacional. Valente, capaz e respeitado, se desejar sair fora do MPF, terá emprego como Diretor de Compliance nas maiores e melhores corporações do país, ganhando 3X mais do que recebe hoje.

Unknown disse...

Vocês têm que levar em conta que estas pessoas lutam contra bandidos poderosissomos,

Anônimo disse...

EXCLUSIVO instalador afirma ter visto malas de dinheiro na mansão do prefeito de São Leopoldo /RS

Anônimo disse...

Mas que boa notícia! Serve de lição pra essa esquerda que gosta de legalidade e democracia. Agora nós "do bem" (rsrsrs) estamos no poder.

Anônimo disse...

Brasil é o único lugar do mundo onde o crime processa o judiciário.

Imoralidade aqui passa de todos os limit.

Anônimo disse...

Perfeito, era só o que faltava, soltar o luladrao e prender os heróis nacionais, Moro e Dalagnol

ZAPELINO B disse...

Pois é, depois de todos os serviços que prestou como procurador chefe da Lava Jato, especialmente naquelas investigações que levaram à prisão, o maior ladrão de todos os tempos, o lulladrao, agora Deltan é taxado de esquerdista por Bananaro, seus filhos, Olavao e seus discipulos blogueiros, que o difamam para encobrir a corrupção que se abateu sobre a "famiglia" do presidente que se elegeu com a promessa de combate-la com todas as suas forças. Nós, que acreditamos nele e o elegemos, não merecíamos isso, nem tampouco o Brasil. A desilusão com este corrupto, psicopata, traidor é muito grande!