Ex-juiz e o próprio pai são condenados em recurso ao TJ do RS

O ex-juiz de direito Diego Magoga Conde, São Lourenço do Sul, RS, foi condenado a 12 anos e cinco meses de cadeia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Além dele, outras quatro pessoas foram condenadas O Tribunal de Justiça confirmou a decisão do primeiro grau. O pai do juiz, Vitor Hugo, também foi condenado, mas cumprirá pena em regime semi-aberto.

O Ministério Público, diz que o juiz Conde e os outros réus apropriaram-se de honorárias de partes perdedoras de ações, mas devidas a advogados vencedores, em 2009 e 2010. A fraude teria movimentado R$ 700 mil irregularmente, e o então magistrado recebeu R$ 112 mil.

A acusação aponta que o advogado Eugênio Correa Costa ofereceu dinheiro ao juiz e seu assessor, Juliano Weber Sabadin. O advogado foi condenado a 10 anos e nove meses no regime fechado, enquanto o assessor a seis anos e oito meses no semiaberto.A esposa do advogado, Juliana Leite Haubman, também foi condenada.

6 comentários:

Anônimo disse...

Coitados, não pertencem à Irmandade.

Justiniano disse...

O pior é que vai manter receber os salários regularmente, só ser foi cassado o cargo de juiz aí assim não terá mais salários.

Família que rouba unida permanece unida. Turma do lula livre.

Anônimo disse...



opa!

Excelente notícia!

Anônimo disse...

A pergunta que não quer calar: esse ex-juiz está aposentado compulsoriamente ganhando um gordo dinheiro dos nossos bolsos, como ocorre em geral com seus coleguinhas quando cometem crimes?

Anônimo disse...

Do Temer presidente e do Laranjal do Clã também. É preciso pontuar todos

Anônimo disse...

Isto é só o começo...