Artigo, Marcelo Aiquel - Paulo Guedes dá show na Câmara

- O autor, Marcelo Aiquel, é advogado, RS.

O Ministro Paulo Guedes não é político. Nunca foi!
         
O Ministro Paulo Guedes é economista. E dos melhores!
         
Chamado na Câmara dos deputados para “explicar” a reforma da previdência perante a CCJ, deparou-se com uma tropa de choque da oposição, faminta para desmascará-lo (como se fosse fácil!), composta pelas figurinhas carimbadas de sempre (não gasto nem um segundo, nominando-as), do PT e do PSOL, todas cheias de hipocrisia mentindo que querem defender o trabalhador (que não acredita mais na ladainha deles).
         
Foi cavalheiro até que estes deputados (como sempre fazem em qualquer discussão) partiram “pra baixaria”.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

16 comentários:

ARS disse...

Tinha até os palhaços corruPTos para fazer arruaça e alegrar os focas.

Anônimo disse...

é isso mesmo...

tudo tem de ser diferente...

elegemos esse governo para mandar casa do caramba toda essa ordem carcomida que so fez o país andar pra tras nas ultimas décadas...

o eleitorado não tem de ficar espantado com os "barracos", pois é o sinal mais evidente de que a velha politica berra agonizante ao ver que esta indo para o matadouro...

e Bolsonaro deu um olé fantásticos nos tais lideres partidários...

recebeu todos de uma vez só, sem chance para achaques ou insinuações de negociatas...

o brasileiro apatetado e burraldo deveria aplaudir seu presidente de maneira efusiva, mas ainda prefere dar ouvidos à jornalistas e "especialistas" cuja missão parece ser única: impedir o governo de governar e de implantar as mudanças que o próprio eleitorado deixou registrada nas urnas na ultima eleição...

Bolsonaro foi quase encurralado pelo senhor Bolinha porque não fez isso ai que o Guedes fez...

vê agora quem é que ficou mal na fita...

Guedes escrachou todos eles, inclusive aqueles deputados PSLentos que deveriam estar ali para defender um ministro do governo do partido do presidente...

Guedes matou varios coelhos com uma tchuchucada só...

Anônimo disse...

O grupo funk Bonde do Tigrao se manifestou contra o deputado filho do Dirceu, pelo desrespeito ao ministro Paulo Guedes. O funk tem o meu respeito, a oposição não, ela não vale o que come.

Anônimo disse...

Sempre os mesmos petistas corruptos de sempre....que nojo tenho deles....e aquele fontana, é um filhinho de papai rico, que se faz de defensor de pobres, não engana mais ninguém.

Iara Mãe D'água disse...

Como diz o velho adágio; quem nasceu pra capacho jamais será tapete.

Anônimo disse...

O Ministro Paulo Guedes foi brilhante em sua explanação do seu projeto. A Velha turma latiu enlouquecida, mas não apresentou nenhum projeto para tirar o Brasil da crise Econômica gerada por eles mesmos.

Anônimo disse...

O Ministro GUEDES deu um show de paciencia , educaçao e conhecimento técnico. Eu tenho 70 anos e nao teria tanta paciencia com aloprados irresponsáveis. Nem o POSTO IPIRANGA ofereceria tanto .!!! Tia Glória.

Anônimo disse...

O MINISTRO GUEDES FOI FORMIDÁVEL.
BATEU COM A EDUCAÇÃO NECESSÁRIA ENQUANTO PÔDE.
PERGUNTO SE ALGUÉM NORMAL NÃO FICOU COM VONTADE DE BATER NA CARA DO FONTANA. PIMENTA E DA MARIA LOUCA.
SÃO PESSOAS EXTREMAMENTE FÉTIDAS E NOJENTAS POR NATUREZA.
NÃO É POSSÍVEL AGUENTÁ-LAS NEM DE LONGE.
O TRIO MENCIONADO , TODOS JUNTOS, VALE MENOS DO QUE AS BOTAS DO CAPITÃO BOLSONARO.
VAMOS EM FRENTE.

Anônimo disse...

Ele deu show, mas se quiser ter sucesso vai precisar fazer uma turnê de 4 anos e ser bem lucrativa.

Anônimo disse...

Cedo ou tarde algum ministro tinha que dar uma lição de moral nesse congresso irresponsável.

A culpa do rombo fiscal é toda do PT que quebrou as contas públicas e deixou pior do que em 2003 quando herdou. E eles ainda culpavam a herança maldita do FHC. Herança maldita foi o Itamar Franco quem herdou, ao invés de reclamar ele procurou resolver com o que tinha de melhor e disponível na época.

O PT herdou a maior bonança econômica já vista em décadas de mão beijada, dispersou e deixou o maior rombo fiscal da historia. Isso é ou não é o maior crime fiscal já visto?

E o Paulo Guedes já tinha alertado sobre a necessidade das reformas e privatização no passado. Não fizeram. Perderam tempo e oportunidade.

Sinceramente, se fosse eu no lugar dele teria feito o mesmo e teria feito muito mais críticas.

Se o congresso nacional tivesse sido mais responsável nesses 20 anos, não teria acontecido esse rombo fiscal e o Paulo Guedes não precisaria ter que desativar uma bomba relógio desse tamanho.

Isso que dá não ouvir os profissionais e especialidades de verdade da área e dar tanto espaço para populistas e oportunistas políticos que só pensam em tirar proveito de tudo para benefício próprio.

Brito disse...

Vocês não se iludam. Estes petistas só mesmo fazendo limpeza total.

Anônimo disse...

Paulo Guedes é como aquele pai de família que trabalha duro e poupa muito para a família ter uma vida confortável mais a mulher e filhos só pensam em torrar dinheiro. E ele aí da vê todo mundo do fazer o mesmo, parentes, amigos, vizinhos, bairro e todo mundo.

Depois quando todo mundo está quebrado e endividado, ele aparece para tentar arrumar tudo e ainda o chamam de irresponsável.

Cedo ou tarde o cidadão cansa e parte para o confronto para ver se todo mundo uma hora cai na realidade.

Enquanto todo mundo estava torrando dinheiro público e privado sem pensar no amanhã, o Paulo Guedes e outro mais estavam poupando, investindo e cuidando do dinheiro dos seus clientes que faziam o mesmo.

Agora a turma dos irresponsáveis que culpar o ministro por tudo e não querem assumir nada dos seus anos de torrar dinheiro fácil.

Essa turma parece aqueles artistas que ficam famosos rápido e saem torrando tudo. Depois quando quebram culpam o empresário que estava se preparando e sendo responsável.

Já era galera. Quem mandou não pensar a longo prazo? O mundo e a vida não se resume a cegos públicos e mandatos de 5 anos, mordomias e imediatismo.

Anônimo disse...

Fico imaginando quando o Sérgio Moro resolver saber isso no pacote anti crime. Vai ter ficha suja desesperado igual quando aprovaram o projeto da lei da ficha limpa em 2010, teve político desesperado por que a carreira do crime podia acabar.

Anônimo disse...

O Bonde do Tigrão persegue a família Francischini:

"Durante uma sessão da CPI do Cachoeira – o bicheiro goiano que controlava parte da mídia nacional , o então deputado federal Fernando Francischini, à época, no PSDB do Paraná, chamou o relator da comissão, deputado Odair Cunha (PT-MG), de 'tigrão' e 'tchutchuca'", diz Leandro Fortes, do Jornalistas pela Democracia; "Mas por que, então, Odair Cunha, um parlamentar apagado que arregou no relatório final, ao contrário de Paulo Guedes, não entrou para o folclore político com o apelido eterno de 'Tchutchuca'?", continua; "Porque malandro é malandro e mané é mané"....

05/04/2019 - Brasil 247

Anônimo disse...

quase teve um infarto.

Anônimo disse...

"Aquela" oposição representa o que ela mesma deposita no banheiro todos os dias...