Artigo, Nelson Barbosa, Jornal do Comércio - A Temer o que é de Temer

O governo Temer acaba em 10 dias e podemos fazer um balanço preliminar de sua gestão. Esta coluna é sobre o gasto primário, pois o time "temerista" tinha por objetivo realizar uma grande reforma fiscal. 

Dois anos e meio depois, os resultados ficaram abaixo do projetado, mas houve avanços, como indica um documento publicado recentemente pelo Ministério da Fazenda. 

O relatório da Fazenda é um registro do que foi feito e, mais importante, do que não foi feito. A análise merece ser lida, mas tem lacunas. Destaco apenas quatro por limite de espaço. 

Primeiro, não houve grande reforma do gasto obrigatório durante o governo Temer. Das 24 medidas listadas pela Fazenda, somente a substituição da TJLP pela TLP pode ser considerada ação permanente, mas cujo impacto final ainda não é conhecido. 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

2 comentários:

Anônimo disse...



BOLSONARO E A BATALHA DE STALINGRADO...

Fernando Henrique Cardoso tentou fazer a reforma da Previdência e não conseguiu...

Lula falhou ao tentar a reforma da Previdência,

Michel Temer teve todo o seu governo atolado no Congresso nacional por causa da Reforma da previdência.

Bolsonaro também vai colocar toda a sua tropa lá no Congresso Nacional, tendo como prioridade a Reforma da Previdência...

Anônimo disse...

não vejo a hora...

não aguento mais ministro de saideira dando pitaco na administração futura...

que vao embora para nunca mais voltar, tchau queridos!