Artigo, Marcelo Aiquel - Voltando atrás

Após haver me despedido dos meus amigos/leitores ao decidir não mais escrever artigos, não consegui manter a promessa feita e, diante da gritante hipocrisia daqueles que “se dizem” defensores da democracia, mas nunca aceitam a vontade da maioria (quando esta (a vontade; o desejo da maioria) não lhes convém); tive que voltar.
         
Entre estes hipócritas de plantão, posso vislumbrar com extrema clareza: (1) os fanáticos; (2) a juventude que sofreu “lavagem cerebral” e fala em ditadura militar, mesmo tendo nascido anos depois daquela época; (3) a mídia e alguns jornalistas que desejam um terceiro turno (antes da decretação do fim das suas medíocres carreiras, o que é fato); (4), os “dependentes financeiros” (que são muitos, aboletados nos cargos dos cabides empregatícios do PT e asseclas); e (5) os “semideuses do STF”; além de (6) um grupo de “Marias vão com as outras”, perdido na poeira.
         
Desesperados, ao pressentirem o seu ocaso (que está bem próximo), tentam criar factoides e a cada dia – literal.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

5 comentários:

Anônimo disse...

Conversa de bêbado é assim... sempre tem uma saideira...

EU ACUSO! disse...

Maníacos à direita e à esquerda...Direitopatas X Esquerdopatas...Palmeirenses X Corintianos. SÃO OS POLOS DA IRRISÃO. Produtos da maciça e atávica ignorância de um povo.

Justiniano disse...

A esquerda esta apavorada, desesperada e em pânico porque todo a sujeira virá a tona e será mostrada e processada. Todas as fossas e penicos serão revirados porque o lamaçal e lodaçal da corrupção é imenso.

Certamente serão necessárias várias penitenciárias e presídios para colocar toda essa escumalha. Deverá haver um plano nacional de construção de cadeias porque serão milhares a serem processados e enjaulados.

Haverá muitos bandidos corruptos fugindo do Brasil em janeiro, será uma leva grande de foragidos da justiça brasileira. Vai ter muitos jatinhos saindo do país. Os chefes de facções e barões das drogas são os primeiros da lista de Moro.

Moro quando juiz mapeou todos esses esquemas, mas não tinha poder para agir, mas agora terá imenso poder para agir.

Anônimo disse...

Caro Políbio
Excelente o artigo do Marcelo. Ainda bem que voltou a escrever, já que precisamos de pessoas como ele que traduzem com perfeição nosso sentimento. Parabéns para ele.
Esther

FALANGE PATRIÓTICA disse...

Nesse entrevero entre direitopatas e esquerdodoidos brasileiros, o que não se vislumbra sequer, é conteúdo ideológico consistente nos "polos": talvez Tarso Genro, talvez Olavo de Carvalho possam ser chamados de intelectuais, quem sabe, pensadores. O resto é "GALERA" mesmo; é briga de torcida organizada...