Greve dos servidores de Porto Alegre emplaca 36o dia. Prefeito diz que não negocia com criminosos.

A greve dos municipários de Porto Alegre ingressou no 36o dia.

Os grevistas querem reunião com o prefeito Marchezan Júnior, que ontem à tarde disse no programa Esfera Pública, Rádio Guaíba, o seguinte:

- Não negocio com criminosos.

O prefeito referia-se às invasões e depredações promovidas pelos grevistas no prédio da própria prefeitura.

7 comentários:

Anônimo disse...

TA CERTO O PREFEITO! FERRO NESSES VAGABUNDOS!

Anônimo disse...

Ué, ele não negocia consigo mesmo?

Anônimo disse...

"ESTADO DE GRACA"

CATÓLICOS CONHECEM

"ESTADO HABIL DE NEGOCIACÃO"

Carlos Edison Domingues disse...

Marchezan está certo. Carlos Edison Domingues

Anônimo disse...

Ele tem toda a razão. Tem que cortar o ponto é não pagar os dias parados.
São bandidos. Não estão satisfeitos procurem outro lugar melhor para trabalhar.

Anônimo disse...

Depois quando a gente chama o distinto de "Napoleão Junior"... É a gente que está sendo maldoso...

Anônimo disse...

Não existe uma lai que proteja o Poder Constituido,desses ladrões?
O Prefeito continuará refén dessa gente indefinidamente?
O que é isso?