"Ciro Gomes está fora de controle", diz correligionário e amigo do Ceará

Ciro Gomes, segundo Alerta Total.

O Estadão de hoje diz que Ciro Gomes está totalmente fora de controle.

Aliás, quem diz isto é um velho companheiro e amigo de Ciro, que é secretário estadual do governo do Ceará, aliado do candidato do PDT:

- O secretário de Turismo do Governo do Ceará, Arialdo Pinho, se recusou a assumir qualquer cargo na campanha de Ciro Gomes, seu amigo e eterno operador político. Motivo: Ciro está fora de controle.

Ontem, o candidato tentou explicar o que disse em vídeo que este blog publicou na terça-feira e no qual ataca juízes e procuradores:

- Eu só estava querendo dizer que vou restabelecer o princípio da autoridade no Brasil.

Não foi o que ele disse. Ciro disse que ia botar os juízes e procuradores, cada um, na sua caixinha (no seu lugar)

5 comentários:

Anônimo disse...

Depois de um especialista em corrupção um proto-ditador? Socorro!

Anônimo disse...

O ex-comandante da PM do Ceará já explicou em entrevista => internem este senhor, ele precisa de tratamento.

Anônimo disse...

É UM JEITO DE GANHAR MÍDIA.NÃO TENDO OUTRO, ATÉ A DOIDERA DE ATACAR JUIZES,"BOTA-LOS NA SUA CAIXINHA", kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Moro se recusa a responder a Ciro sobre abuso de juízes e procuradores

26/07/2018

Jornal GGN - O juiz Sergio Moro não quis comentar a declaração do presidenciável Ciro Gomes (PDT), que disse a uma emissora do Maranhão que apenas um novo governo terá condições de fazer o juiz que comete abuso de autoridade voltar para a sua "caixinha", assim como frear a prática de lawfare também por parte do Ministério Público. A manifestação foi feita no contexto da prisão de Lula. Para Ciro, o petista só será colocado em liberdade quando essas mudanças ocorrerem.

Em evento realizado pelo Estadão na terça (25), Moro desviou de fazer qualquer comentário que polarizasse com Ciro, limitando-se apenas a indicar que não existe embate entre políticos e juízes.

Moro afirmou que as eleições de 2018 representam um risco para o futuro da Lava Jato e disse que espera que “lideranças honestas” sejam escolhidas para fazer “reformas de políticas mais gerais para diminuir os incentivos e oportunidades à corrupção”. (...)

Anônimo disse...



KKKKKKKKKKKK!! Excelente imagem para ilustra a figura desse candidato, Políbio!!!