Estes são os termos do acordo com os caminhoneiros. Locaute prossegue, mas com muito pouca força.

Apesar do acordo fechado ontem a noite no Palácio do Planalto, boa parte dos caminhoneiros que iniciaram locaute há 5 dias permanece paralisada esta manhã, inclusive no RS, mas a grande maioria já levantou acampamento e recomeçou suas operações.

A tendência é de normalização no decorrer do dia.

Os caminhoneiros conseguiram emplacar praticamente todas as suas principais reivindicações.

A principal conquista foi a mudança da política de preços da Petrobrás, mas outras vantagens inegáveis foram as eliminações da Cide e do PIS/Cofins sobre os preços.

O ICMS, que tem um peso muito maior, cobrado pelos governos estaduais, nem chegou a ser objeto de negociações.

Os governadores não disseram uma só palavra durante toda a mobilização e se entende por que razão.

CLIQUE AQUI para saber todos os pontos de mudanças que começaram a ser implementadas pelo governo federal.