Empresa que vai comprar Walmart do Brasil é dona da rede varejista gaúcha Quero-Quero

A Advent, que praticamente acertou a compra dos 400 supermercados do grupo Walmart do Brasil, inclusive os gaúchos Nacional, BIG e Maxxi, é controladora da rede varejista gaúcha Quero-Quero.

14 comentários:

Anônimo disse...

Os metacapitalistas mundiais dominando todos os setores econômicos, com a complacência de prepostos tupiniquins a serviço da Nova Ordem Mundial e desmonte da estrutura econômica Nacional. O Brasil já é o país do futuro e este futuro é a escravidão remunerada do povo pelos globalistas donos do sistema financeiro global. Parabéns aos comerciantes de bairro que ainda conseguem manter seus negócios funcionando, mas fiquem atentos, não será por muito tempo.

Anônimo disse...

E eu estava feliz, pensando que a Quwro Quero era uma rede gaúcha. Afinal, o que temos hoje de rerional e nacional? Só algumas estatais. O resto da economia está nas maos de estrangeiros .

Anônimo disse...

Kkkkk estatais kkkkk má fé ou ingenuidade? Estatais kkkkkkk

Anônimo disse...

ainda bem que os estrangeiros estão salvando as empresas nacionais que estão quebrando uma atrás da outra.

Anônimo disse...

Ainda bem.
Se não, seria o caos.
É só observar o desenvolvimento de Cuba.
Lá não tem multinacional.
Mas tem povo sem esperanças,e na miséria.

Anônimo disse...

Com a compra do Walmart as três maiores redes de varejo do Brasil estao sob controle de capital extrangeiro. E a falência do capitalismo e empreendedorismo brasileiro, pois não controlamos mais nem os canais de comercialização do feijão e arroz. Miopia estratégica, Miopia de Marketing ou um pais de míopes que passam o tempo procurando heróis para o futuro

Anônimo disse...

GRAÇAS A DEUS! MELHOR NA MÃO DE CAPITALISTAS DO QUE DE COMUNAS CORRUPTOS !

Anônimo disse...

Rede gaúcha ? empresa nacional ? Estatais nacionais ?

Qual o sentido desse provincianismo econômico ??

60% das exportações chinesas são geradas por empresas de capital estrangeiro.
30% do PIB brasileiro é gerado por empresas estrangeiras que contratam apenas 3% da mão de obra nacional, com uma produtividade acima de 10x a média nacional.

A ignorância é que dificulta o progresso !

Anônimo disse...

Políbio, acho que esse fundo Advent não tem 'bala' para comprar essa porcaria de Walmart Brasil.

Anônimo disse...

Não foi essa empresa que o editor ficou de identificar se os proprietários eram uma offshore?

Lembro que, na época, ameaçadores comentaristas o metralharam com comentários infames, persuadindo este editor a desistir.

Será que me enganei de empresa?

Anônimo disse...

ahahah eu nao disse que tinha gato nesta tuba? ai tem hem, ai tem, os nacionais principalmente ja foram denunciados por fraudes e sonegacao em variadissimas areas, e creio que as fraudes tipicas desse tipo de varista sejam comuns em todo o setor

Anônimo disse...

>>

É uma grande perda. A Walmart garante preços baixos nos produtos que vende e regula o mercado aqui de minha cidade

Se o Walmart daqu fechar, ou trocar de dono, o custo do rancho mensal vai subir, com certeza.

Hoje, 29-01-2018, por exemplo, tinha FILÉ MIGNON em promoção aqui no Walmart. Preço por kg: R$ 24,00. Aproveitei para comprar duas peças.

Tem também macarrão grano duro importado do Italia e vendido com marca deles, a Great Value, por R$ 2,95 o pacote com 500 gramas.

Ninguém compete com os preços dessa rede Walmart e com certeza essa maravilha irá acabar se fecharem o Walmart.

<<

Anônimo disse...

Esses comunas preferem ser explorados por empresas gaúchas, como o Zaffari que aumenta todos os dias os seus preços, daí pode porque é daqui.

Anônimo disse...

O protetores dos capitalistas falam como se esse fossem deuses bons.
Faça-me o favor.