Base aliada de Sartori impõe-se sobre oposição lulopetista e aprova adesão ao RRF dos Estados

A foto é de Vinicius Reis, AL.

O novo presidente da Assembleia, Marlon Santos, embora da oposição, do PDT, foi rigoroso no cumprimento do que dizem a Constituição e o Regimento Interno da Assembleia, o que acabou engessando manobras obstrucionistas. CLIQUE AQUI para ler o inteiro teor do projeto aprovado.

O governo de José Ivo Sartori conseguiu aprovar, nesta madrugada, 4h30min, o projeto que autoriza a adesão do Rio Grande do Sul ao Regime de Recuperação Fiscal da União. Fez isto com folga: 30 votos favoráveis e 18 contrários, após cerca de 11 horas de debates na Assembleia Legislativa.  Houve abstenções dos deputados Juliana Brizola (PDT), Pedro Ruas (PSOL), Regina Becker(Rede), Stela Farias e Tarcísio Zimmermann, ambos do PT. O projeto estava na Casa desde 21 de novembro.

A oposição lulopetista, que na parte da tarde tinha sofrido dura derrota na Justiça, foi amplamente dobrada no Legislativo, apesar de todas as manobras regimentais que tentou, inclusive 12 pedidos de verificação de quorum, discursos repetidos e sucessivas questões de ordem 

A autorização é o primeiro passo para o Estado assegurar repactuação da dívida com a União, atualmente em R$ 58 bilhões, o que alargará, também, sua chance de novos empréstimos, aprofundando ,igualmente, medidas duras de ajuste fiscal.

8 comentários:

Anônimo disse...

ALELUIA! Venceu a racionalidade e a decência.

Ivo Leo Hammes disse...

Que notícia boa!
Eu que sou professor público aposentado......não entendo o que os "professores" querem. O que deu em vocês?... ou, o que deixou de dar em vocês?

Anônimo disse...

Muito bem ! Finalmente ! Uma ótima notícia para começar o dia.

Anônimo disse...

Grande Sartori! Meu voto já é seu. Vende já essas bagassas de CEEE e CRM.

Anônimo disse...

Onde estiverem os partidos de esquerda, cpers, cut e a pelegada dos sindicatos partidarizados, as pessoas decentes estão do outro lado. Parabéns aos 30 Deputados que ajudaram o Rio Grande. Esquerda nunca mais, nem aqui e nem lá.

Anônimo disse...

Sartori sou PP, mas não posso deixar de reconhecer sua capacidade, responsabilidade e inquestionável objetivo de melhorar as finanças de noss Rio Grande. Meu voto será sempre seu.

Anônimo disse...

Povão! anotem os nomes daqueles que “ quanto pior melhor ”. Não temos mais o direito de errar nas nossas escolhas. Precisamos todos juntos tirar o RS do buraco a qua fomos colocados. Somos o Estado da Federação mais atrasado. Porquê? Somos os responsáveis direto das más escolhas dos políticos. Esses nos prejudicam mais do que nos ajudam. Povo que não tem virtude acaba por ser escravo!

Anônimo disse...

Gente! a Regina Becker conseguiu encontrar uma galinha em pleno centro de POA. Esse teatro feito com o arranjo de uma galinha lhe rendeu um mandato de Deputada Estadual com um salário de 33 mil reais por mês. Que jogada hem? Agora se aliou a turma de quanto pior melhor. Realmente o povo tem que aprender a separar o joio do trigo. Votar numa criatura dessas é para quebrar o RS de vez.