Marroni bate boca com as galerias, tumulto se instala e presidente da Assembleia, sem pulso, suspende a sessão

Edgar Preto não tem estatura para presidir sessões tensas como as atuais da convocação extraordinária. Com receio de contrariar seus companheiros lulopetistas que infestam as galerias e expurgar todos para fora da Casa, Preto parece ter perdido o controle da sessão.

Sem pulso para presidir a sessão plenária desta tarde na Assembleia do RS, o deputado Edegar Preto, PT, acaba de suspender os trabalhos por 5 minutos.

O presidente vacila entre esvaziar as galerias, que desta vez apresentam manifestantes dispostos ao confronto.

A suspensão ocorreu depois que a deputada Miriam Marroni, PT, resolveu bater boca com um dos manifestantes, desafiando-o a descer ao plenário e repetir as ofensas disparadas contra ela.

9 comentários:

Anônimo disse...

Jogada ensaiada.

Unknown disse...

Se fosse uma "suruba artística" o petralha teria participação ativa!!!
Coisa séria, nem pensar!!!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
FAÇANHA, o ADVOGADO do POVO. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...


E o manifestante desceu ??

Anônimo disse...

Opa, censura pegando.

Anônimo disse...

A esquerda é chinelagem pura!

Igor_FAC disse...

Políbio, tua indignação deveria ser contra os inúmeros CC's que estavam lá em pleno horario de trabalho.