Número de latrocínios cai pela metade com a chegada da Força Nacional de Segurança a Porto Alegre

O número de latrocínios no ano seguinte à chegada da Força Nacional de Segurança caiu quase pela metade. E são apenas 200 homens. Eles trabalham em conjunto com Brigada e Polícia Civil.

Setembro de 2015 a agosto de 2016
42 latrocínios (roubo seguido de morte)

Setembro de 2016 a agosto de 2017
22 pessoas

Estes números foram coletados pela reportagem do Correio do Povo e consta do site do jornal, edição deste domingo.

3 comentários:

Anônimo disse...

Se mudaram para municípios da Grande POA

Anônimo disse...

a maria do rosario deve estar triste com esta noticia

Carlo Germani disse...

Porte de arma legal para a população,os crimes (todos) reduziriam a quase a zero.