Protestos contra ditadura teocrática já dura três dias no Irã. Trump tira nota de apoio aos revoltosos.

Os atos começaram para manifestar insatisfação com alta dos preços, desemprego e corrupção, informam neste domingo as agências de notícias, como AFP e Deutshe Welle. Dois manifestantes foram mortos, segundo relatos.Manifestações não autorizadas, como as desses dias, são proibidas no Irã. De acordo com a agência Associated Press, as manifestações parecem ser as maiores que aconteceram no país desde 2009, quando foram realizadas eleições presidenciais controversas. O presidente americano Donald Trump apoiou os manifestantes em uma mensagem publicada em seu perfil no Twitter e, após a sua mensagem, a televisão estatal iraniana rompeu o silêncio sobre os protestos antigoverno, dizendo que não os havia reportado por ordens de autoridades de segurança.

O Irã vive, neste sábado, o terceiro dia consecutivo de protestos contra o governo do presidente Hassan Rouhani e o líder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei. 

CLIQUE AQUI para saber mais.

10 comentários:

Anônimo disse...

Esses países islâmicos adoram uma ditadura...

Anônimo disse...

Pelo visto ,agora demonstram cansaço de ditadura teocrática.
Lá como aqui,reclamam da roubalheira e outras coisas mui conhecidas por aqui.
Viva o povo iraniano revoltado.
Até que um dia.Chega de Deus na terra.

Anônimo disse...

a turma do orgao excretor nada fala? sabian que no iran gays sao espolados vivos, o pessoal dos DDHH nunca deu uma nota sobre isto,

Anônimo disse...

Não tenho muitas informações sobre essas manifestações, mas se o Trump está a favor, eu também!

Anônimo disse...

O mundo está mudando e os dirigentes não estão captando a mensagem.O ano de 2018 será um ano de grandes mudanças para desespero da esquerdalha ateasada.

Anônimo disse...

O mundo está mudando e os dirigentes não estão captando a mensagem.O ano de 2018 será um ano de grandes mudanças para desespero da esquerdalha ateasada.

Anônimo disse...

O protesto não é contra a ditadura teocrática, mas contra a política econômica.

Nem todos os povos são vacas de presépio com os brasileiros

Anônimo disse...

"Direitos Humanos", jornalistas e intelectuais politicamente corretos em silêncio estrondoso.

Anônimo disse...

Quem está preocupado com gays no Irã? Me preocupo com as pessoas de moral exemplar naquele país sofrendo na mão de ditadores.

Anônimo disse...

Tudo tem um fim, estes fanáticos religiosos não passam de bandidos disfarçados...