Chileno do grupo terrorista de Porto Alegre foi condenado a 10 anos de cadeia em Santiago

Bomba feita em plástico, dotada de timer e detonador, usada para explodir carro da Polícia do RS.

Investigado por atentados em Porto Alegre, preso e condenado a 10 anos de cadeia por terrorismo no Chile em 2010, um chileno de 29 anos é um dos 32 investigados por atentados terroristas em Porto Alegre. Segundo a polícia, ele foi responsável por ensinar a fabricar bombas caseiras usadas na capital gaúcha.

O repórter Fábio Almeida, da RBS TV, chegou até a folha corrida do chileno por meio de uma pesquisa pelo nome do suspeito. A RBS TV não quis divulgar o nome do investigado. A RBS TV rastreou as acusações que pesam contra ele na Justiça chilena.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre o chileno.

3 comentários:

Unknown disse...

Aqui elle é celebridade da turma dos populistas, comunistas, socialistas, pelegos, petralhas!!!

Anônimo disse...

E o que fazem as otoridades brasileiras que não o deporta para o Chile para que fumpra sua pena?Brasil virou refúgio de terroristas,quer dizer que pode fazer khda em seus paises e correr para cá que tá protegido?Brasil, Pais de Tolos,

Anônimo disse...

Antes de entregar o terrorista a autoridade chilena ele deve cumprir pena aqui no Central.