STJ fulmina de novo tentativa para libertar o líder petista Palocci

Palocci foi outro líder supremo do PT que passou por um dia de cão nesta quarta-feira.

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, rejeitou nesta quarta-feira pedido de liberdade ao ex-ministro Antonio Palocci, preso desde setembro do ano passado na Operação Lava Jato.

Palocci foi ministro da Fazenda de Lula e chefe da Casa Civil de Dilma.


Na decisão, a ministra manteve a decisão do juiz federal Sérgio Moro, que determinou o cumprimento imediato da pena de Palocci em regime fechado. No mês passado, o ex-ministro foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro