Onde estão os e-mails de Dilma para Mônica Moura ?

A mídia atenta dos maiores jornais, revistas e TV, ainda não procuraram tirar a limpo as histórias que Mônica Moura e João Santana contaram a respeito dos e-mails 2606iolanda@gmail.com e da governanta Rose, contratada por R$ 4 mil mensais e paga com dinheiro sujo.

Governanta - Quem é Rose ? Para quem ela trabalhava de fato, já que a mordomia do Palácio Alvorada é toda paga com dinheiro público e despesas de todo gênero foram pagas pelos cartões corporativos indevassáveis do presidente ? Rose atuava em Brasília ou em Porto Alegre ?

E-mail - Até agora, só foram publicados e-mails expedidos por Mônica para Dilma, o que prova muito pouco, ainda que tenham sido autenticados por cartório. Onde estão os e-mails expedidos por Dilma, sobretudo a mensagem que avisou-os sobre a iminente prisão, dois dias antes ? Isto é o que provará tudo, inclusive a memória de Dilma sobre seus anos de terrorista da VPR. Foi na ação de terror urbano que ela conviveu sob o cutelo de Costa e Silva, marido da gaúcha Iolanda Costa e Silva, e que gente sua assassinou em 26.06, 1968, o soldado Mário Kozel.

CLIQUE AQUI para saber como foi o assassinato do soldado, obra da VPR de Dilma.

Nota do editor - Quem tiver informações e documentos, pode enviar para polibioadolfobraga@gmail.com ou WhatsApp 51-98434.4403. Será mantido sigilo de fonte.