Mesmo sem lei própria, serviços do Uber já são legais em Porto Alegre

A 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul manteve a operação do Uber em Porto Alegre.

A decisão foi unânime.

5 comentários:

Anônimo disse...

Tenho a mesma consideração por taxista que eles têm por nós: Nenhuma!
Eu usava muito o Uber em SP porque era bom, rápido, confiável e tinha tarifas mais acessíveis.
Espero que continue bom como era.

Anônimo disse...

eu ja sabia, ito foi coisa dos adversarios invejosos, calunias, difamaçoes, dossies falsos sempre a mesma tatica suja

Anônimo disse...

Os taxistas de Porto Alegre tem que se reciclarem completamente.
Trabalhar com uma roupa adequada, limpa ou de gravata e asseados, barbeados, carros limpos e, sem motoristas com ficha suja na polícia....
Ter um aplicativo igual ao UBER.
Não dá para ganhar no grito porque a sociedade não gosta de ser maltratada e, o direito de escolha é um preceito da democracia.
Os taxista tem que entender que estão ultrapassados.

JORGE LOEFFLER .'. disse...

Pelo visto ainda há os que pensam que tudo deva ser regrado por leis. Respirar, por exemplo? Vão tratar de trabalhar e deixem que eles ganhem honestamente o pão para suas famílias. Digo que já fui motorista de táxi.

Anônimo disse...

Eu não sei como funciona a tributação deste serviço.
Sonegar é uma forma de roubar.
Se todos os devidos impostos foram pagos corretamente, então o pão foi ganho honestamente.