Lei garante cirurgia reparadora a mulher vítima de violência

O governo federal anunciou nesta quinta-feira que a presidência acaba de sancionar uma nova Lei que estabelece a oferta e a realização de cirurgia plástica reparadora de sequelas de lesões causadas por atos de violência contra a mulher pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

As regras estão presentes na Lei 13.239, publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (31). A partir de agora, os hospitais e os centros de saúde pública, ao receberem vítimas de violência, deverão informar as mulheres sobre a possibilidade de acesso gratuito à cirurgia plástica para reparação das lesões ou sequelas de agressão comprovada. A mulher vítima de violência grave que necessitar de cirurgia deverá procurar uma unidade que realize esse procedimento, portando o registro oficial de ocorrência da agressão.

CLIQUE AQUI para saber mais.

15 comentários:

Anônimo disse...

Se homem for vítima de violência que se dane. Fique com as marcas!!!

Anônimo disse...

E ao contrário? Se a mulher estragar a lata do marido, vai valer a lei?

Anônimo disse...

Valerá a pena apanhar para ganhar uma plástica. Hahaha

AnônimA

Anônimo disse...

Esta populista não faz nada que preste. Deveria sancionar uma lei que fosse mais dura com o agressor e que obrigasse este transgressor a pagar a cirurgia reparadora, nem que leve a vida inteira para pagar. Desta forma o agressor pensaria duas vezes antes de agredir, ao contrário desta que lei que irá incentivar as fraudes e retirar as responsabilidades deste agressor. Só um marketeiro muito bem pago para conseguir os 35% dos votos que elegeram esta presidente.

Anônimo disse...

E a conta será cobrada do vagabundo agressor ?
Não né ?
Pois é, um país onde as pessoas não são responsáveis por nada, pode dar certo ?

Anônimo disse...

Eu quero uma lipo e reduçao da banha que aquele desgraçado fez eu comer carne gorda nas churrascadas e cervejadas heheheeh

Anônimo disse...

Quem vai fazer as cirurgias plásticas? Os "coxinhas" da máfia de branco ou os escravos cubanos do Mais Escravos? Na hora de fazer propaganda a esquerdalha é boa, mas na hora do pega-pra-capar, vão atrás daqueles que ajudaram a difamar! Vão para CUba para realizarem as tais cirurgias, a grande meca da "medicina" de ponta (só se for da ponta de baixo!).

Anônimo disse...

Caro Políbio
Podem fazer a lei que quiserem, já que não será cumprida. Num País onde as pessoas morrem às traças nos hospitais, não tem a mínima condição de fazer cirurgia reparadora. Piada! Contem outra.
Esther

Anônimo disse...

Se um bandido matar ou estuprar sua filha haverá alguma reparação? Os brasileiros sofrem todos os dias violência permitida cinicamente pelo governo federal. Há assaltos, estupros e mortes e há algum tipo de tratamento psicológico minimamente decente e pago pelo governo para ajudar as vítimas e sobreviventes diários desta violência? Populismo fedorento, demagogia bolivariana da mais rasteira, incluíram a violência para atormentar toda a sociedade e não fazem nada para melhorar, apenas golpezinhos midiáticos para atender interesses específicos.Impeachment já!

Anônimo disse...

Políbio,

Somos o país sem saneamento básico, com dengue e zika produzindo CRIANÇAS COM SEQUELAS PERMANENTES.

Em contra partida, temos o SUS bancando para ADULTOS:

- Mudança de sexo(okay, prometo não rir!!);
- Cirurgia reparadora de seio(mas com métodos questionáveis na remissão/cura dos tumores);
- Cirurgia plástica para reparação de agressão.

Bem, paro por aqui para não ser processado e preso!!!

JulioK

Anônimo disse...

Lei inócua. Pessoas morrem nas emergências por falta de médicos e recursos. No RJ estavam estocando material para a olimpíada enquanto as pessoas agonizavam nos corredores dos centros de saúde. Aí a "presidenta" sanciona esta lei demagógica para sobrecarregar ainda mais o sistema de saúde.
O anônimo das 15:28 falou tudo: Porque não cobram do agressor a conta?
País da impunidade, da falta de vergonha na cara.
FORA PT!!!

Gustavo disse...

nossa, vou ter que financiar isso também..

Anônimo disse...

Tudo firula e mentira marqueteira. Daqui a algum tempo, vamos ver quantas cirurgias foram feitas! Esse é outro engodo do mesmo naipe do combate ao crack! Cadê o Fome Zero e o Programa Nacional de Combate ao Crack? E aquela mentira de levar as mulheres grávidas à consulta de pré-natal de táxi? E aquela da revitalização dos aeroportos regionais? E a resolução de todos os problemas da saúde com o Mais Escravos Cubanos? E a transposição do São Francisco? E o Pronatec? E o ProUni? E a sumanta que estão levando do mosquito A. aegypti? A esquerdalha é boa de mentira, corrupção e papo. Na ação são bando de b*st* como estão diuturnamente demonstrando!

Luiz Vargas disse...

Num país sério, honesto e civilizado, em que o poder judiciário seja sério e honesto, este ônus recairia sobre o torturador e não sobre o lombo dos contribuintes.

elton disse...

De Gaulle é que estava certo: " o brasil não é um país sério"