Governo Dilma poupará R$ 500 milhões este ano com as restrições ao seguro-desemprego

O governo que agora propõe restrições aos benefícios, é o mesmo que implementou demagógica e imprudentemente as vantagens, sabendo muito bem que a conta não fecharia, mas tudo com o objetivo de se encorpar política e eleitoralmente, visando perpetuar-se no poder.

O jornalista Cadu Caldas fez os cálculos para o jornal Zero Hora e constatou que os trabalhadores têm mesmo do que se queixar ao protestar contra as restrições ao seguro-desemprego, tudo congforme cobnsta da MP 665.

Em reportagem de duas páginas na sua edição de hoje, o jornal, o repórter concluiu que se as novas regras valessem para o ano passado, 24% dos desempregados não teriam direito ao benefício e com isto o governo economizaria R$ 500 milhões apenas no RS.

No Brasil, a economia seria de R$ 8,5 bilhões.

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem.

2 comentários:

Anônimo disse...

Essa "poupança" será também destinada a Cuba, Venezuela ou outras ditaduras amigas???

Anônimo disse...

Pouparão ou roubarão, eis a questão!