Jornalista denuncia PSD do RS e apóia revolta do deputado Mário Jardel

O jornalista Bibo Nunes, que no ano passado disputou uma cadeira de deputado pelo PSD, resolveu abandonar o Partido, contrariado com o que viu e ouviu. Neste depoimento feito ao jornalista Luiz Carlos Prévidi, hoje, ele informa que viu o deputado Mário Jardel transformar-se em capacho na Assembléia, reagindo agora e mandando embora seus opressores. Bibo Nunes conta que ele e também o advogado Di Lorenzo, que disputaram cadeira na Câmara, saíram do PSD pelos mesmos motivos que levaram Mário Jardel à revolta. Leia tudo:

Foi o mesmo que aconteceu comigo e o professor Wambert Di Lorenzo.
Neste partido só uma pessoa pode brilhar, tudo é dirigido pelo pessoal dele e quem não concorda com tudo é alijado.
O Jardel assumiu seu gabinete com 95% dos cargos nomeados pelo partido, colocando pessoas sem consultá-lo. Ele tinha que assinar o que eles mandassem, mesmo achando que eram coisas erradas, e eram erradas. Ele tinha que ser um capacho, pois quando o elegeram pensaram que tinham um mandato para eles usarem como quisessem.
Jardel demonstrou personalidade e não se sujeitou a isso. 
Todos sabem que ele tem problema com drogas e os seus mentores quando o colocaram na política sabiam disso, mas não sabiam que ele tem personalidade e não é político profissional.
O Jardel está fazendo tratamento para sair do mundo das drogas e tomara que saia.
Eu e o Prof. Wambert somos os mais votados depois do Danrlei e saímos do PSD, pelos mesmos motivos de Jardel.
É partido para um homem só.
O Jardel com essa atitude ganhou meu respeito, pois demonstrou ser um homem sério e que não serve de capacho.
Quanto as drogas, faço votos para que ele saia deste mundo. E vai sair.
Ele demonstrou que na parte que envolve a DROGA DA POLÍTICA ele não quer entrar. Que ele pratique a política séria e saudável na Assembleia Legislativa.
Foi um bom começo!


11 comentários:

Anônimo disse...

Taca le pau, Jardel. PS:Não sou gremista ;
e não misturo alho com bugalhos.

Anônimo disse...

Coitado do Jardel, se relacionar bem com o Danrlei é TÃO FÁCIL, dentro de campo era uma moça de educação, o Rio Grande é prova disto.Pelo visto fora de campo e pelas narrativa dos co-religionários também é um perfeito cavalheiro, do jeito
que vai poderá ser um GRANDE PREFEITO de Porto Alegre.

Anônimo disse...

Esperar o que deste partido que foi criado pelo Kassab para vender favores aos petralhas? Só merda mesmo!

Biriva do Cerro do Tigre disse...

Somente o Danrlei "borboleta" pode brilhar!!!!

Altamir Silva disse...

Também achei esse movimento do seu Danrlei, logo atacando o Jardel, bastante suspeito...

Anônimo disse...

E as diárias frias que teria que assinar e outras imposições feitas pelos "aspones" ?

Anônimo disse...

Não sai da toca, DANRLEI. Goleiro
que sai da toca quer chumbo, diz
o ditado, o atacante é o JARDEL,
o DANRLEI é apenas um goleiro frangueiro a beira de um ataque
de nervos. PAU NELE, JARDEL.

Anônimo disse...

e o vice-governador Cairoli, ele também é capacho do Darnlei? Quem mais está nesse núcleo?

Anônimo disse...

Força Jardel!!!
Não te entrega para o idiota do Darlei. Esse é fraco.

Anônimo disse...

O único PREVIDI que conheço e o Jose Luiz previdi poderiam me dizer se este luis Carlos e parente do caro Jose.

Anônimo disse...

Anonimo das 18.08.
O editor faz parte da escolinha ZH. quem publicou a entrevista é o José Luiz Previdi em seu blog e o sanguessuga do editor colou o post do Previdi mas por i......da o credito a um jornalista inexistente no que é useiro e vezeiro