Brandindo parecer de Gilson Dipp, Engevix tenta livrar seu presidente da cadeia

A Folha de S. Paulo de hoje informa que Gilson Dipp, ex-ministro do STJ, fez um parecer para um dos advogados da Galvão Engenharia, dizendo que a delação premiada de Alberto Youssef é ilegal e que todas as provas coletadas a partir dele são "imprestáveis". 

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem da Folha, que ganhou título de primeira página. 

Com base nesse parecer, o advogado da Galvão Engenharia ingressou com um pedido de habeas corpus no STF.

O gaúcho Gilson Dipp não é um advogado qualquer. Ele é velho amigo de Dilma Rousseff, dos tempos de Porto Alegre, e indicou o nome de seu conterrâneo Teori Zavascki para o STF. O mesmo Teori Zavascki que agora é relator o Petrolão.


Apesar de todo o pedigree, o parecer de Dipp tem tanto valor legal quanto uma moeda de 3 reais. 

Além do ex-ministro Gilson Dipp, outros ex-ministros de notável saber jurídico e prestígio político indiscutível, como Nelson Jobim, resolveram prestar serviços aos empreiteiros presos no Paraná por ordem do juiz Sérgio Moro.

Nem todos os advogados aceitam casos milionários de gente ordinária.

O advogado que mais defende casos de delitos de opinião pelos quais o editor tem sido processado, o gaúcho Luiz Francisco Corrêa Barbosa, convidado pelo então ex-ministro Thomas Bastos para defender a súcia empreiteira do Lava Jato, negou-se a patrocinar o caso. 

14 comentários:

Emmanuel Carlos disse...

É .... o que o dinheiro não faz?!
Mas convenhamos: o que esses nobres ex-juízes pensam ? Podem até querer ganhar no tapetão; mas as ruas estão fartas dessa gente - delinquentes e os que os defendem.
Um aviso aos causídicos: seus clientes são futuros pobres, ou seja, honorários, babaos ...

Anônimo disse...

São todos aproveitadores , querem tirar os R$ de quem roubou , usando o cargo que ocupavam.............

Anônimo disse...

BEM, A DILMA TINHA PROMETIDO QUE TIRARIA TODOS DA CADEIA ESTA SEMANA.

TÃO ARMANDO O CIRCO.

EXISTEM COISAS ESTRE O CÉU E A TERRA QUE O POVO BRASILEIRO NÃO PODE IMAGINAR.

Anônimo disse...

Intervenção Militar já!!!!!

Anônimo disse...

A Folha de S. Paulo informa que Gilson Dipp, ex-ministro do STJ, fez um parecer para um dos advogados da Galvão Engenharia dizendo que a delação premiada de Alberto Youssef é ilegal e que todas as provas coletadas a partir dele são "imprestáveis".

O parecer do ex-ministro diz que há duas ilegalidades na delação do doleiro:
1) o acordo atual omite o fato de que ele descumpriu um pacto anterior, de 2003; e
2) FALTA DE CREDIBILIDADE a Youssef para delatar quem quer que seja, já que ele mentiu e omitiu informações à Justiça antes.
Fica assim : Todo bandido tem que ter agora ILIBADA CREDIBILIDADE, caso em contrário, não pode DELATAR? KKKKKKKKK.

José Carlos Bortoloti disse...

Temos duas datas como dia do Jornallismo - mais um baguncinha no Brsil, mas nao importa, aproveito a de hoje pra te mandar um forte abraço, bem gaúcho, pelo dia do Jornalista. Tu és um jornalista de fato, de direito, de honra e dignidade a toda prova o qual tenho o privilégio de ser seu maior divulgador na rede Twitter. e em dezembro postei seu nome (sem sua autorização) mas em forma de homenagem no endereço http://www.epensarnaodoi.blogspot.com.br/2014/12/pensarnaodoi-imprensa-verdade-temos-isto.html
Foi minha forma e abraçá-lo.
Se puder ter a pretensão de te pedir algo: Por favor não desista desta forma digna e honradissima defazer jornalismo no Brasil. Esta entre os em extinção.

Meu abraço fraterno, reto e justo a uma grande Jornalista, por felicidade deMeu Estado.

José Carlos Bortoloti Jornalista e Prof. de Comunicação
Passo Fundo - Rs
profeborto@gmail.com
www.epensarnaodoi.blogspot.com.br

Anônimo disse...

Isso me lembrou daquela propaganda da Casas Bahia: "Quer pagar quanto?"

Anônimo disse...

Gilson Dipp, mais um a ser investigado.

Anônimo disse...

Nem todos os advogados aceitam casos milionários de gente ordinária. Precisa haver um certa "química" entre advogado e cliente.... @fitzca

Walton Pontes Carpes Junior disse...

Se foi piada não teve graça.
Dá nos dedos dele(s) Dr. Sérgio Moro.

Anônimo disse...

Vocês repararam as últimas fotos do Dr.Dipp, ele aparece com aquela barbinha rala, tá na cara que era um PT enrustido.

Anônimo disse...


nelson jobim e gilson dipp: ... que vergonha para o Rio Grande do Sul; estão atribuindo ao Estado a "alcunha" de "Rio Pequeno do Sul".
Não, não merecemos!!!!

jose sebastiao afonso disse...

Legal seria destroçar a nação moral e economicamente, sepultar a esperança do cidadão do bem, usar a torpeza para vergar o Verbo no “venerando” acórdão, ignorar a verdade que salta aos olhos, optar pela iniqüidade, enfim, adorar o Diabo? O que merecem genocidas? Juízo senhores, aprendam com a história, até réis muito mais poderosos já caíram por ultrapassarem o que nunca deve ser ultrapassado, o nada mais perder por aqueles que sustentam com seus suores e sangue o luxo e crimes da vil nobreza.

Anônimo disse...

Considero totalmente anti-ético ex-ministro do STF assumir causas de clientes que tenham lesado o país.
Assim como considero anti-ético, ministros como Dias Toffoli julgar processos contra seus ex-clientes.