Claro é multada em R$ 2 milhões por insistir em contato com consumidor

A operadora Claro foi multa em R$ 2 milhões por violar norma que protege o consumidor do marketing direto ativo.

. A decisão administrativa do Ministério Público de Minas Gerais considerou que a empresa realizou diversos contatos via SMS (mensagem) e ligações telefônicas para um morador de Poços de Caldas, mesmo após o consumidor cadastrar o seu número na "Lista Antimarketing", gerenciada pelo Procon.

. Segundo o Ministério Público, os contatos da operadora com o consumidor ocorreram de forma recorrente, inclusive entre 21h e 8h, horários em que a prática é vedada por lei estadual.

Um comentário:

Anônimo disse...

Tá todo mundo muito dodói, tudo é motivo para reclamar.
Na mesma cidade onde ocorreu esse fato, um motorista atropelou um motociclista, que foi fechado por ele e reclamou.
É preciso um pouco de cultura oriental, para se ter mais paciência. Por mais que a telefonia tenha ligado, não é motivo tão forte assim para penalizar. E as firmas piratas que não pagam impostos, fazem os gatos, fazem concorrência desleal ...

dodói não ,vamos falar sério Brasil...