Vitória de Dilma decepciona o mercado. Bolsa despenca 6% esta manhã.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha forte queda, e o dólar comercial subia nesta segunda-feira (27), após a presidente Dilma Rousseff (PT) vencer a disputa contra Aécio Neves (PSDB) e conquistar a reeleição. 

. Por volta das 10h20, a Bolsa caía 6,01%, a 48.820,23 pontos, e a moeda norte-americana subia 3,46%, a R$ 2,542 na venda. O dólar chegou a avançar 4,21% na abertura dos mercados, a R$ 2,561, maior nível intradia desde 5 de dezembro de 2008, quando atingiu R$ 2,619. 

2 comentários:

Anônimo disse...

CADA VEZ MAIS APROFUNDA-SE O CAOS DA ECONOMIA BRASILEIRA. OS QUE ELEGERAM DILMA DEVEM ESTAR MUITO SATISFEITOS E FELIZES, PORQUE ESSA SITUAÇÃO NÃO DEVE PREOCUPÁ-LOS.

Anônimo disse...

Não existe Bolsa de Valores no Mundo que não se afete com a eleição de pessoas sem qualquer aptidão administrativa e ainda por cima envoltas em múltiplas denuncias de corrução e favorecimento. Não foi diferente no Brasil.
Podem colocar quem quiserem como Ministro da Fazenda que quem vai dar as cartas furadas é a administradora falida da lojinha de R$ 1,99 do Shopping Olaria!