Ausência da Oi reduz arrecadação prevista para o lellão de 4G

A ausência da Oi do leilão da quarta geração de telefonia móvel (4G) vai resultar em uma queda na arrecadação prevista para o certame. Dos quase R$ 5,9 bilhões dados como lances nesta terça-feira, cerca de R$ 5 bilhões irão para os cofres do governo, disse o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende.

. Isso aconteceu porque uma parcela do valor arrecadado com o leilão será utilizada para a chamada “limpeza” da faixa de 700 Mhz, que atualmente é ocupada por serviços de TV aberta. Como a Oi não participou do leilão, um dos principais lotes não foi comercializado, o que obrigará o governo a usar o valor arrecadado nos outros lotes para compensar a perda.


. “Deve cair para algo em torno de R$ 5 bilhões”, disse o presidente da Anatel, ao ser questionado sobre o tema.

Um comentário:

Unknown disse...

Digo mais uma vez...

solução é fazer igual o povo da islândia....