O que ganha Tarso ao chamar seus adversários de "Vieirinha" e "Zé Ivo" ?

"Zé Ivo" para Tarso: "Eu poderia chamá-lo de Fernando, mas não farei isto".

Esta manhã, no Faceboo, o editor escreveu que o governador Tarso Genro usa uma forma um bocado desrespeitosa no tratamento dos adversários, menosprezando-os claramente e tentando ridicularizá-los em todos os debates, o que só pode revelar a síndrome do escorpião de que é possuído, porque a fórmula não é politicamente correta. 

. Os alvos preferidos são Vieira da Cunha, tratado por Tarso, desrespeitosamente, como "Vieirinha", e José Ivo Sartori, que o governador ora chama de "Ivo" e ora de "Zé Ivo". 

. De fato, Vieira e Sartori são tratados assim por parentes, amigos, pessoas das suas relações, companheiros, mas jamais por adversários. 

. No debate da Agert, Sartori ensaiou uma reação ("Eu poderia chamá-lo de Fernando, mas não farei isto") mas preferiu não ir ao fígado de Tarso, o que faria no caso de tratá-lo por "Fernandinho". 

. O menosprezo com que Tarso trata seus adversários, revela sua conhecida arrogância, passando aos eleitores exatamente esta desconsideração pelas pessoas e seu conhecido modo irresponsável e debochado de tocar os negócios públicos do Estado.

. O que pensam disto os marqueteiros de plantão ?

CLIQUE no comentário a seguir para ouvir toda a opinião do editor, sob o título O que ganha Tarso ao chamar seus adversários de "Vieirinha" e "Zé Ivo" ?

13 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Polibio, olhei sua página no FB,... 12 mul pessoas curtiram, todavia quando posta alguma notícia ninguém comenta e um, ou dois, curtem a postagem.
Logo me surgiu uma dúvida... Como pode isso?
Vc jamais usaria de mios ardis para inflar as curtidas da página pessoal, pois és correto e ético..
Abraço.

Anônimo disse...

Tarso, além de arrogante é tapado...

Anônimo disse...

O PDT e o PMDB não estão apoiando o governo Dilma?
O PDT não era aliado do Tarso até bem pouco tempo?
Logo Tarso, Ivo Sartori e Vieira da Cunha, são politicamente achegados, daí as intimidades do governador candidato.
Ou não?

Anônimo disse...

Ganha a ira do editor e de seus comentaristas, kkkkkkkkkkkk.

Anônimo disse...

quer desmerece-los

Cesar disse...

Qual seu candidato Políbio?

Anônimo disse...

Ainda bem q Amelia e uma mulher de verdade!!!!!!!

Anônimo disse...

Será que não é o desespero batendo à porta?

Anônimo disse...

É um débil mental, Napoleão de Hospício, incompetente, demagogo...e mentiroso, as professoras estaduais que o digam.

Anônimo disse...

Sinceramente não entendo porque a Ana Amélia fica tão irritada quando o Tarso fala que o partido dela fazia parte do governo Yeda Crusius e, consequentemente, comunga das mesmas ideias políticas.

Anônimo disse...

Pra mim a maior decepção nestes debates está sendo a Ana Amélia. Não entendo porque ela fica tão nervosa. Isso não passa confiança para o eleitor. O marqueteiros da candidata precisam corrigir isso urgentemente.

Anônimo disse...

Coluna do Claudio Humberto:

Ministros do STF duvidam da renúncia de Barbosa ....

Como já adiou uma vez sua aposentadoria, o ministro Joaquim Barbosa caiu na desconfiança de colegas do Supremo Tribunal Federal, que já duvidam se ele renunciará mesmo na sexta (1º) ou continuará na Presidência até novembro, quando termina seu mandato. A única certeza dos ministros é que Joaquim não aceita se submeter ao comando do seu principal desafeto, o atual vice-presidente Ricardo Lewandowski.

Fim do ócio

As férias do presidente do STF, Joaquim Barbosa, terminam na sexta (1º). Durante o período, ele curtiu o ócio no Rio, onde tem apartamento.

Ele é carioca


Barbosa circulou pela Lapa – sempre cercado de quatro seguranças – e foi até a lançamento de livro do Corinthians na livraria Travessa, no Rio.

Hora da verdade

A aposentadoria de Barbosa está prevista para sair no Diário Oficial da União no próximo dia 6, mesmo dia em que o STF volta aos trabalhos.

Anônimo disse...

OS ADVERSÁRIOS SÃO MUITO FRACOS, DEVERIAM CHAMA-LO DE PINÓQUIO ISSO ATRAIRIA MAIS O ELEITOR E CHAMARIA ATENÇÃO.

EDUARDO MENEZES