Andrade Gutierrez assume negócio da Iesa e salva o Pólo Naval do Jacuí

A empreiteira Andrade Gutierrez concluiu as negociações para adquirir participação no estaleiro da Iesa Óleo e Gás em Charqueadas (RS), que tem contrato para fornecer módulos de compressão de gás para plataformas tipo FPSO (unidades flutuantes de produção, armazenamento e descarga) da Petrobras, mas está com o cronograma atrasado devido a problemas financeiros.

. A Iesa está com suas atividades praticamente paralisadas e ameaçava afundar o Pólo Naval de Jacuí, menina dos olhos do governo Tarso Genro.

. O governo entrou em ação junto à Petrobrás, Graça Foster veio ao RS há duas semanas, e todos fizeram pressão sobre a empreiteira para salvar o Pólo. A Iesa queria prosseguir no comando, recebendo apenas dinheiro da AG, mas foi obrigada a ceder. 

. A empresa não deu detalhes do acordo, mas no governo gaúcho sabe-se que a construtora assumirá o controle do negócio e que o contrato deve ser assinado nesta semana.

3 comentários:

Anônimo disse...


infelismente para o editor e maus elementos virulentos afins.

Anônimo disse...

Qual será o preço deste "favorzinho" da benemerente empreiteira?

Ezequiel R disse...

Favorzinho? um contrato de 900 mi cai do céu e no colo da Andrade e ainda é ela quem está fazendo favor? Isso é o que querem que você pense.