Projeto de microssatélite do governador Tarso Genro poderá ter colaboração do Canadá

A missão gaúcha ao Canadá para discutir formas de colaboração para a implantação do Polo Espacial do RS e o consequente lançamento do satélite que o governador Tarso Genro quer lançar ao espaço sideral, foi confirmada para 7 a 14 de setembro.

. O satélite do governador será na verdade um microssatélite . A idéia do governo é que 80% do microssatélite será produzido no Estado, com o restante da tecnologia vindo de São Paulo e do Canadá. O governo quer aproveitar um acordo de transferência de tecnologia, assinado no ano passado.

. Tarso Genro comprou a idéia do satélite durante sua viagem a Israel, este ano. 

. Na ocasião, representantes da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI), AEL Sistemas, Digicom e Tecnopuc cumprirão agenda em Montreal, Toronto e Halifax, onde visitarão empresas e universidades.

9 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

Microsatélite para um Microgovernador!!

Tudo certo no governinho do Tarsinho!!

Isso é piada??? rsrsrsrs

JulioK

Ricardo disse...

A pergunta mais importante de todas: Para que servirá um microsatelite(que qualquer radioamador americano consegue enviar ao espaço hoje em dia, basta pesquisar na internet)????
Que benefícios isto trará ao RS ?
Na verdade, a pergunta seria: Quem vai se beneficiar com isso ?
Mais um factóide produzido pelo sr atraso genro(em mínusculas mesmo).

Anônimo disse...

Quá...quá....quá.......não conseguem operar o Lafergs para produzir um comprimido de aspirina e querem produzir micro satélites.
E o país e estado que morrem nas intenções.

Anônimo disse...

Qum sabe um satélite um pouco maior em que caiba um peremptório embusteiro ?

Anônimo disse...

Para quem não consegue fazer ou deixar outros fazerem um mera ponte no Guaíba por onde passam diariamente dezenas de milhares de gaúchos, de que adianta perder tempo e dinheiro com uma engenhoca sobre a qual o governante, apesar de ter todo o direito de se manifestar, não tem a menor ideia do que será e para o que servirá e, se for lançado ao espaço, somente servirá para literalmente brincar de tecnologia espacial. Querem um exemplo? O robô comprado para mexer com explosivos somente será útil enquanto não estragar o primeiro fio, ai ficará jogado num canto ad eternum!

Luiz Carlos Vargas disse...

O Tabajara I será o primeiro micro satélite com ferraduras nas quatro PaTas que será lançado no espaço sideral.
Será que no vácuo do espaço sideral o som dos relinchos poderão se propagar?

Anônimo disse...

Podem esperar. No início do ano que vem o governador zinho vai mandar um projeto para a Assembléia Legislativa criando a Empresa Pública que vai gerir o lançamento do satélite. Mais um cabide de CCs onde vai ter mais caciques do que índios.

Anônimo disse...

HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA

Anônimo disse...

Espero que o Tarso Genro esteja incluído no pacote, sendo mandado junto com o foguete!

Ver um esquerdopata ser mandado literalmente para o espaço não tem preço, rs!