Sai acórdão sobre cassação do prefeito de Vacaria. Novas eleições serão em maio. Appio disputará pela oposição.

Já saiu o acórdão pelo qual o TRE do RS cassou o mandato do prefeito de Vacaria, RS, Elói Poltronieri, do PT. A decisão foi tomada por 4 x 3. O prefeito já foi substituído pelo presidente da Câmara de Vereadores, Amadeo Boeira, aliado do PT. A vice eleita em outubro, Vera Marcelja, também foi cassada.

. Entre outros crimes eleitorais, o prefeito foi responsabilizado pela edição de 45 mil folhetos coloridos com informações sobre  sua administração, usados como propaganda eleitoral.

. O TRE marcará a qualquer momento novas eleições. Poltronieri está recorrendo, já apresentou embargos declaratórios, mas suas ações não possuem efeito suspensivo.

. A resolução da Justiça Eleitoral agendará o novo pleito para maio e Poltronieri não poderá concorrer, porque seus direitos políticos foram cassados por oito anos.

. O candidato mais forte da oposição poderá ser novamente o ex-deputado Francisco Appio, PP, que disputou o pleito com o apoio do PMDB. Sua vice foi Valéria Palombini, filha do ex-prefeito Marcos Palombini. Appío, lançado à última hora, fez 42 mil votos, contra 58 mil de Poltronieri.

- Em maio também devem ocorrer novas eleições em Tucunduva, Sobradinho e Triunfo, cujos prefeitos também foram cassados. 

CLIQUE na foto ao lado, acima, para ver melhor. Trata-se do candidato da oposição, o ex-deputado Francisco Appio.

6 comentários:

Anônimo disse...

UÉ, CASSARAM O PREFEITO??

E O MENSALEIRO CONDENADO QUE FOI EMPOSSADO DEPUTADO FEDERAL??

DOIS PESOS, DUAS MEDIDAS!!

ESSA É NOSSA JUSTIÇA!!

Aristoteles disse...

As prefeituras estão todas quebradas e se matam para se eleger prefeito. Interesse escusos levam a esse esforço para assumir prefeituras atoladas em dívidas. Prefeitos e governadores que geram dívidas futuras deviam ter os seus direitos políticos cassados por 8 anos, pois afetam os serviços essenciais como saúde e educação.

estelasec@yahoo.com.br disse...

Pois é no Brasil é assim, enquanto uns são condenados por pouco ou quase nada, outros podem assumir no senado, CPIS, ministérios e secretarias com ficha DO TAMANHO DO MEU BRAÇO. ONDE ESTÁ ALEI DA FICHA LIMPA? Cadê a igualdade? Porque a severidade com os novos e a indulgencia com poíticos sabidamente Culpados de transgressões sérias contra o povo brasileio?

Anônimo disse...

Não entendo o pessoal q comenta com aparente senso de injustiça ao ver um prefeito cassado ao achar o motivo pequeno e compará-lo ao recém empossado deputado. Vamos ser francos lei é para ser cumprida e se por ventura outro recebeu as benesses da lei não justifica q se absolva quem cometeu um delito mais do q comprovado. Vamos parar com esse sentimento de banalizar o delito, se outros foram absolvidos isso é o errado, o correto é cumprir a lei, seja ela em seus pormenores ou grandes crimes. Ou fica o questionamento a todos será q o correto seria q todos fossem absolvidos ou todos condenados? Prefiro a segunda opção.

Anônimo disse...

O Aristoteles. Seria bom que fossem punidos os administradores que fazer dívidas impagáveis e deixam para seus sucessores o pepino. Principalmente para os casos em que se mexe no caixa único dando um rombo de bilhões de reais e depois não se consegue repor o dinheiro. Daí precisa vir alguém como a Yeda e buscar o defícit zero. Claro gerando uma impopularidade imensa para ela.
A maioria do eleitorado prefere os balaqueiros e gastadores.

Anônimo disse...

A JUSTIÇA DO NOSSO PAÍS É PODRE!!

TÁ AI ESCANCARADO PRA TODOS VEREM, SE OS INTOCÁVEIS SE SENTEM OFENDIDOS, ENTÃO QUE FAÇAM VALER AS LEIS PRA TODOS, E NÃO SÓ PRA UM OU OUTRO!!

JUSTIÇA VENDIDA, É JUSTIÇA FALIDA!!