Entrevista, General Rocha Paiva - Dilma também tem que prestar contas na Comissão da Verdade

- A entrevista a seguir circula pela Internet e está no Facebook do editor, postada por uma leitora. O material está sendo reproduzido a seguir pela relevância. Vale a pena ler tudo. A entrevsitadora é a jornalista Miriam Leitão, do jornal O Globo.

O General Luiz Eduardo Rocha Paiva acha que a Comissão da Verdade, para não ser “parcial e maniqueísta”, tem que convocar também os que participaram de ações armadas, direta ou indiretamente. Não hesita em perguntar até se a Presidente Dilma Rousseff não tem que depor:
- Ela era da VAR-Palmares, que lançou o carro-bomba que matou o soldado Mario Kozel Filho. A comissão não vai chamá-la, por quê?
Rocha Paiva se refere ao atentado ocorrido em 26 de junho de 1968 no Quartel-General do II Exército, em São Paulo. Até 2007 Rocha Paiva ocupava posição de destaque no Exército. Foi comandante da Escola de Comando do Estado-Maior do Exército e secretário-geral do Exército.

Abaixo, trechos da entrevista (no link, o texto integral):
O GLOBO: Por que o senhor é contra a Comissão da Verdade?
ROCHA PAIVA: Eu sou contra a Comissão da Verdade, agora não adianta ser contra. Ela vai existir. Era contra no momento em que ela pretende apurar a memória histórica do país. Isso é trabalho para pesquisadores e para historiadores e não para uma comissão, que eu vejo como uma comissão chapa branca. Ela busca a reconciliação nacional depois de 30 anos, e não há mais cisão nenhuma, que tenha ficado do regime militar, inclusive porque as Forças Armadas são instituições da mais alta credibilidade no país. Então, não vejo a necessidade. Acho que se há alguma coisa a investigar é só usar a Policia Federal e, com vontade política, a presidente tem autoridade pra ir até onde ela quiser, respeitada a Lei de Anistia. Eu fiz uma análise da lei da Comissão Nacional da Verdade. E eu vejo que essa lei não é imparcial. Esse facciosismo e o provável maniqueísmo do seu relatório a gente pode ver a partir dos objetivos.

Por que o senhor acha que é parcial? 
ROCHA PAIVA: Porque na realidade, no Brasil, o governo e a oposição legal queriam a redemocratização do país. Então, no governo e na Arena era a redemocratização gradual e segura.
(....)

Demorou 25 anos...
ROCHA PAIVA: Exato. Dez anos de atraso. Dez anos de atraso, por causa da luta armada.
(...)

E quem matou as pessoas, os guerrilheiros que estavam no Araguaia?
ROCHA PAIVA: Vamos botar na comissão da verdade todos. Os dois lados. A senhora está insistindo que se faça um lado. Estou dizendo: vamos os dois. A senhora está sendo facciosa, eu não. Eu estou dizendo que eu quero os dois lados. A senhora está dizendo que é um só.
(...)

ROCHA PAIVA: A senhora demorou a responder. Então o que eu digo é hipocrisia.
Não estou aqui para responder. Estou para fazer perguntas. Eu pergunto, o senhor responde.
ROCHA PAIVA: Não é um programa de debate?
Não. Eu não estou debatendo com o senhor. Estou apresentando questões que são colocadas por pessoas que discordam do senhor...
ROCHA PAIVA: Eu estou respondendo. Eu estou, num programa de entrevistas, fazendo uma pergunta. Não pode? Não pode?
(...)

Eu acho que agora é um outro Exército...
ROCHA PAIVA: Não. É o mesmo.

É o mesmo Exército que torturou?
ROCHA PAIVA: A senhora que está falando em tortura. Eu estou dizendo o seguinte: Quem evoluiu, foi o país. E o Exército evoluiu junto do país.

CLIQUE AQUI pra ler a íntegra da entrevista.

O General Rocha Paiva é o primeiro da direita, em primeiro plano, na foto acima.

Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Especialista em educação para o mercado financeiro, a Leandro&Stormer oferece diversos cursos, presenciais e via internet, para que você se prepare e comece a ter rendimentos superiores aos da renda fixa. Acessehttp://www.leandrostormer.com.br/ e confira!

17 comentários:

Anônimo disse...

O maior erro que os militares cometeram foi deixar germinar o PT. Se tivessem cortado o mal pela raiz, não seriamos hoje um pais de vagabundos.

Anônimo disse...

Caro Políbio, quando a polícia entra numa boca de fumo, os fogueteiros lançam seus rojões para avisar os traficantes. É bem da verdade que os tais traficantes muitas vezes já foram alertados por elementos aliciados. Enfim, o uso dos foguetes normalmente nos remete a alguma coisa. Neste caso, acredito mesmo que o tal "incidente" com os militares esteja servindo somente para direcionar nossa visão para outro lado. Enquanto isto o governo trata de colocar novamente suas alianças no ar sem que haja balburdia. Ou seja, estão usando isto como dissimulação, velha tática de guerra. Na verdade, a Dilma não é louca de bater de frente com os militares.

Ernesto Belém disse...

Lindo ver o General botando a miriam porcão no seu devido lugar... Muito bom !

Anônimo disse...

Excelentes as respostas do General Luiz Eduardo Rocha Paiva. A jornalista achou que ia encurralar o Exército. Faltou experiência de vida, sabedoria à entrevistadora. Estou satisfeita ao ver que os militares começam a se posicionar e colocar os comunistas nos seis devidos lugares.

Ivo Leo Hammes disse...

"Comissão da verdade" da Maria do Rosário et alii...Vai ser um dictat de uma coisa mais ou menos assim: "esta é a verdade daqui para frente e ignore-se as outras versões". Esta Maria do Rosário (professora não sei de que) não sabe o que é um trabalho de historiador. Abra-se os arquivos e deixem que a História seja escrita por pessoas que de fato pesquisam. Coisa mais ridícula este termo "Comissão da Verdade". Esta gente que está no comando do governo lulo-petista não sabem o quanto são parecidos com os que comandavam o Brasil no tempo do regime militar(sob o aspecto de dizer o que é a verdade).

Anônimo disse...

Gostei, gen Rocha Paiva, é assim que tem que responder prás esses petralhas(corruptos)comunistas. Revisar, comissão da verdade...? Qual verdade...? a da esquerdacomunista que está aí...??? essa dilma, genoino, zé chefe de quadrilha dirceu, etc são tantos, que mataram, executaram os próprios companheiros de guerrilha, sequestraram, esses tb devem responder prá sociedade qtos elles mataram.

Anônimo disse...

O GENERAL NEM COMEÇOU A FALAR DA TRAIÇÃO DO JOSÉ GENUÍNO, DOS ASSALTOS A BANCOS E SEQUESTROS DE EMBAIXADORES, DE ASSASSINATOS DE JOVENS MILITARES DE 18 ANOS QUE ESTAVAM SAINDO DO QUARTEL E FORAM MORTOS DE TOCAIA POR GENTE QUE HOJE SE DIZ PRESIDENTE.
ISTO VAI TERMINAR MAL, PARA O PT.
PORQUE A VOLTA VIRÁ, COM TODA A CERTEZA.

Anônimo disse...

PC. A BANDIDAGEM DA BASE ALIADA, NESTE GOVERNO FEDERAL E EM OUTROS ESTADOS, CAMUFLAN-SE DE REPRESENTANTES DO POVO, MAS NA VERDADE APOIAM A BANDIDAGEM. QUE VENHAM OS MILITARES P/POR ORDEM NESTE PAÍS QUE NÃO SE AGUENTA MAIS A BANDIDAGEM E ROUBALHEIRA COMO NUNCA SE VIU NESTE PAÍS, SEMEADO PELOS PETRALHAS E CIA.

Ivo Leo Hammes disse...

"A Comissão da Verdade" de Maria do Rosário et alii é como um "dictat" que diz mais ou menos isto: "daqui para frente a História do Brasil é assim e não se admite outra versão". A Maria do Rosário (professora não sei de que) deveria aprender o que é pesquisar história. Abram-se os arquivos e deixem os pesquisadores escrever a história. Coisa mais ridícula falar em "Comissão da Verdade". Esta turma que está no comando do lulo-petismo não se dá conta do quanto eles são parecidos com os que comandaram o Brasil no auge da ditadura militar (no que diz respeito ao modo como querem impor a sua verdade). Vejam bem: a presidente Dilma vai nomear uma comissão (chapa branca) que vai dizer o que é verdade ou o que de fato aconteceu num determinado período da história do Brasil.

Anônimo disse...

Se os comunistas tivessem conseguido, em 1964, fazer a sua revolução, via ordens de Moscou, de saída 10% da população de antanho deveria ser exterminada, pois é assim que um regime comunista molda a seu bel-prazer a nova vítima, ou seja, uma nação sob as garras do satânico regime totalitário comunista (pleonasmo)!

Toda vez que eu leio ou ouço certos "jornalistas" matizados de Esquerda fazendo certas perguntas, cuja intenção é constranger os patrióticos militares, sejam aqueles de antanho, sejam aqueles da nova geração, penso comigo: essa cretina ou cretino, por exemplo, poderia estar numa vala comum, caso os referidos patrióticos militares brasileiros não tivessem esmagado a cabeça da peçonhenta serpente socialista!

É inacreditável que esses esquerdistas, cuja liberdade, empregos, oportunidades e facilidades, entre outras, só possíveis num sistema capitalista e com liberdade, AINDA OUSEM TENTAR, via inversão, acusar os militares brasileiros como os vilões pela, PASMEM!!!, defesa dos valores da moral judaico-cristã e de princípios aceitos e defendidos por toda pessoa NORMAL, ou seja, uma pessoa não-revolucionária ou não-comunista ou não-esquerdista!

Ofereço à "jornalista" Miriam Porcão uma passagem - SÓ DE IDA -, para a Coréia do Norte! E que lá, no país comunista, a valente aja da mesma maneira na entrevista com os totalitários comunistas!Ihhhhhhhhhh, ela já amarelou, rs!
Pois é...
Comunismo no rabo dos outros... é revolucionário, né, Miriam Porcão?!
O COMUNISMO É DELETÉRIO E PERVERSAMENTE CRIMINOSO E DIABÓLICO, UMA IDEOLOGIA CONCEBIDA POR SERVOS DE SATANÁS DIRETAMENTE NAS PROFUNDEZAS DO INFERNO...


Almirante Kirk

Anônimo disse...

o exército e o pessoal da luta armada cometeram excessos. Alguns generais merecem a penitenciária e deveriam dividir a cela com a Dilma&turma, para aprenderem a conviver e deixar a sociedade em paz. O pessoal da luta armada queriam um regime comunista, não adianta negar. Simon, Teotônio, Tancredo, Ulisses e outros políticos é que fizeram a diferença para o retorno à Democracia. Se dependesse dos guerrilheiros ainda estaríamos em guerra. Mas o brasileiro é burro e não tem ética, deixou os bandidos tomarem o poder e acabar com o país.

Anônimo disse...

As torturas e mortes patrocinadas por Getulio Vargas aos brasileiros de origem italiana e alemã também será objeto da "comissão da Verdade"?
A matança de pessoas pelo interior do RGS, por uma simples discondância politica para com Júlio de Castilhos na segunda parte do Século IXX, terá esta Comissão da Verdade mostrada?
O que querem é aparecer na grande midia para justificar o salario de bagunceiros e se mater no poder através da ignorancia de parte da população.

Só pessoa ociosa, vagabunda, remoe como vaca o passado.

Anônimo disse...

Qual o remedinho será que toma esse tal "almirante"? Credo...

Anônimo disse...

Vão para frente dos quarteis protestarem e parem de chorar nos blogs. edus

Anônimo disse...

RESPOSTA AO "Anônimo", às 11:48, mais um esquerdopata a dar, aqui, o ar da graça num blog claramente identificado com VALORES e PRINCÍPIOS detestados e combatidos pelos esquerdopatas marxistas/socialistas/comunistas/nazistas etc:

Pago pra você também, seu esquerdopata, uma passagem - SÓ DE IDA, é claro, rs - para a Coréia do Norte!

Almirante Kirk

Daniel disse...

Um caboclo toma de assalto o poder dd um pais, mata, tortura, some com corpos de pessoas, reprime, impoe censura de opiniao e de direitos, e encontra um jornaleiro, aqui e acola, que ofeecem espacos pra que este milico exponha opinioes. Vc deveria pergunta pra este milico porque na epoca em que ele, e seus pares, admistravam uma ditadura, aqui no Brasil, as pessoas nao podiam dizer qq m..., como ele esta declarando, em qq lugar? Imagino que atualmente ele deve estar se sentindo bem, com o direito, restabelecido, por outros, da livre expressao.

Anônimo disse...

RESPOSTA AO parpo e ignaro esquerdopata (pleronasmo)"Daniel", às 17:10:

Agradeça aos patrióticos militares, que em 1964 esmagaram a cabeça peçonhenta da serpente marxista/socialista/comunista/nazista, pois, do contrário, sequer você, seu coitado, estaria aqui, hoje, a comentar, caso os comunistas tivessem conseguido fazer a sua revolução genocida!

Por favor, seu indigente intelectual, cultural, moral e espiritual, proceda a um sério, sincero, rigoroso e profundo criticismo a respeito daquele período, bem como quais seriam as deletérias conseqüências PARA TODO, caso os comunistas tivessem obtido êxito em seu golpe, o qual fora gestado fazia muito, bem antes, registre-se, de 1964!

Almirante Kirk