PSOL quer mudar o nome da avenida Castelo Branco em Porto Alegre

Vai a plenário a proposta da vereadora do PSOL de Porto Alegre, Fernanda Melchiona, que quer mudar o nome da Avenida Castelo Branco, já que considera inapropriado e indevido homenagear o primeiro general que presidiu o País durante a ditadura.

. A proposta não passou pelas comissões, porque as votações resultaram empatadas.

. O general participou diretamente do golpe que derrubou Jango.

. Em Porto Alegre, além da homenagem questionada pela vereadora do PSOL, Castelo Branco também virou monumento no Parcão. A enorme escultura de Carlos Tenius domina o ambiente do parque. Não se sabe se a vereadora tem conhecimento disto e se quer retirar a escultura do lugar.

15 comentários:

Anônimo disse...

Quanto revanchismo barato e mesquinho. Só faltam batizar a avenida de ¨Che Guevara¨ ou de ¨Carlos Lamarca¨.

Anônimo disse...

O mais provável é que essa vereadora realmente não tem o que fazer.

ISSO É UMA VERGONHA.

Anônimo disse...

Medidas estúpidas só podem ser tomadas por parlamentares mais estúpidos ainda que chegaram a este "cargo" por eleitores totalmente idiotizados! Isto me lembra a tupiniquim troca de padrões de tomadas que agora só existe nesta republiqueta de gambás oficiais!

Anônimo disse...

isso...

que tal mudar para avenida Che Guevara?

ou avenida Carniceiros Castro?

ou avenida o Dengoso Pol Pot?

seria uma homenagem a esses exemplos de caridade, bondade e tolerância...

Anônimo disse...

Políbio,

Sugiro que mude para Av Luciana Genro, pois a beleza e o estado de conservação dos mesmos são iguais ...................

Luiz Vargas disse...

Os esquerdopatas de re$ultado$ até hoje buscam impingir a nós "viventes pagadores de impostos do século XX/XXI" a "culpa pelo descobrimento do Brasil em 1500 e a história que disto advém". Então em nada surpreende a intenção desta esquerdopata em querer apagar uma figura da história deste país. Para os esquerdopata$ a hi$tória só tem um lado: o deles.

Anônimo disse...

Já posso até imaginar o nome substituto: Ernesto CHE GUEVARA.

Cada vez mais está provado que eles não se conformam de não ter conseguido implantar a Ditadura Comunista aqui no Brasil. E pior. Viram ela acontecendo em outros paises (Cuba, URSS...) e não viram nada de errado por lá. Tudo continua lindo, aos olhos destes cegos. Isso que preocupa

Anônimo disse...

Inapropriada é esta ignóbil pessoa

Anônimo disse...

Sugiro que a vereadora batize a sala da bancada do PSOl na Camara Municipal de sala da legalidade, afinal de contas ninguém trabalha lá, pois todos os nomeados por ella e pelo "ético Ruas" trabalham em qualquer lugar, mas na CMPA é que não é.

Clóvis disse...

Sugiro que mude, também, a Av.Getúlio Vargas e o Hospital Presidente Vargas. Afinal,Ditador por Ditador, o primeiro foi por pouco mais de dois anos, já o segundo, por longos 15..........

Anônimo disse...

Deus do céu, que gente retardada. Não é possível que os impostos escorchantes que pagamos sejam usado para financiar esses imbecis e suas ideias mirabolantes e caudatárias.

RoyMustang disse...

Pq Pedro Ruas não sugere o nome de "Ucranianos" para a avenida? Seria uma boa homenagem aos SETE MILHÕES de ucranianos trucidados pelos soviéticos.

Vereador: VAI PRO #($&#@*#

Anônimo disse...

No Rio Grande do Sul do jeito que a coisa vai o melhor é chamar a avenida de: Kim Jong II (ditador da coréia), Fidel Castro ou Hugo Chavez. Este Estado cada dia caminha mais para o atraso e a ampliação da miséria, além da violência que não para de crescer.Esta é a herança destes esquerdopatas que comandam o RGS.

Anônimo disse...

Para o das 11:09 -
Não é exclusividade do RS esse tipo de esquerdopatia - vide colunistas políticos paulistanos pró-Haddad e pró-baderneiros da USP.

Anônimo disse...

Na linha Nelson Rodrigues ( o Br é o unico lugar do mundo onde traficante cheira, gigolô se apaixona,....) e onde a história é reescrita pelos perdedores. Achem um militar que enriqueceu naquela época, e acharemos milhares de "democratas da nova república" (lembram deles ) e PeTralha$ que enriqueceram assaltando, agora, sem armas, os cofres públicos. E dá-lhe consultoria.