Anastasia prega aliança PSDB + PT

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB), vem tentado se diferenciar do seu padrinho político, Aécio Neves. Eleito em 2010 com a força do atual senador tucano por Minas, de quem foi vice, Anastasia quer construir sua própria trajetória política. Em entrevista ao iG, Anastasia exalta Aécio, a quem descreve como uma "estrela da política nacional", mas faz questão de frisar que tem voo próprio. Parafraseando o tucano paulista José Serra, Anastasia afirma que sua gestão é de continuidade sem continuísmo e elogia diversas vezes a presidenta Dilma Rousseff, contra quem Aécio vem elevando o tom desde o começo deste ano. Em 2002, Serra usou esse mote, na sua campanha à Presidência da República, para se diferenciar do então presidente Fernando Henrique Cardoso, com quem mantinha divergências em relação à política econômica.

CLIQUE aqui para ler a entrevista completa do governador mineiro ao site iG.

6 comentários:

Anônimo disse...

Na boa, PSDB é igual ao PT, pouca diferença. Precisamos de um partido de centro direita para fazer frente ao PT, o PSDB não é esse partido.

Anônimo disse...

Quando teremos um partido de gente com vergonha na cara?

Anônimo disse...

Demoraram para assumir o que todo mundo já sabia!

Anônimo disse...

Nunca confiei e nunca confiarei em politico mineiro.

Anônimo disse...

Faltam poucos no grande conluio (PCdoB, PDT, PMDM, PTB...), mas se rolar a única saída é o aeroporto!

Luiz Vargas disse...

Quem dorme com cachorro pulguento acaba pegando pulgas.
Babacas adesistas como esta cria de Aécio Neves perderão uma chance preciosa de ser algo que o Brasil clama e necessita: uma oposição clara e diuturna aos quadrilheiros PeTralhas.