Sartori volta a Brasília para empurrar Plano de Recuperação Fiscal dos Estados

O governador gaúcho José Ivo Sartori está em Brasília desde o meio da manhã. Ele atua junto aos deputados federais gaúchos para que votem esta noite o Plano Fiscal de Recuperação dos Estados.

Se o Plano passar, o governo gaúcho adiará por até quatro anos o pagamento de R$ 4 bilhões anuais da dívdida com a União, permitindo que Sartori, além disto, implemente o ajuste fiscal que não consegue levar adiante na Assembléia do RS.

O projeto ainda irá para o Senado, mas imagina-se rápida votação também ali.