quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Noblat diz que enfrentamentos de Lula levaram Marisa ao AVC

O jornalista Ricardo Noblat fez uma série de revelações sobre o clima de crescente tensão e crise no qual o ex-presidente Lula enfiou a família, levando Marisa Letícia a um quadro de depressão e pânico diante do que poderia acontecer com os filhos, ameaçados de parar na prisão com pai e mãe.

Escreveu Noblat:

- Marisa recomendava a Lula que fosse discreto e que não afrontasse o Ministério Público e a Justiça. Estava cada vez mais preocupada com a situação dos filhos. Foi nesse estado que sofreu o AVC.

A culpa pelo AVC sofrido por dona Marisa foi do próprio ex-presidente Lula.

Nas redes sociais houve várias reações de leitores condenando o artigo do colunista do Globo, mas o jornalista também foi cumprimentado pela clareza da exposição.

31 comentários:

Anônimo disse...

E as piadas de cerca que o bode velho dava para saborear as cadeirinhas? Viajou 30 vezes com uma Rosegate que era ótima carregadora de malas cheias de pixulekos. Morta vai escapar do vexame de ter que defender sua posição numa fila de visita íntima.

Anônimo disse...

Quem não deve não teme. Quem age corretamente não tem motivos oara "enfrentar" a justiça.

Anônimo disse...

>>

Não gostei da traição de Fernando Henrique, que foi até o hospital cumprimentar o pinguço ladrão.

<<

Anônimo disse...

Assim como alguns políticos atribuíram a lava jato o AVC, não é válido o que Noblat está dizendo. Escutei que a Marisa tinha um aneurisma já fazia dez anos, portanto sua saúde já inspirava cuidados, que Deus conforte a família, e que a Marisa siga seu caminho com paz e luz.

Anônimo disse...

Direita demagógica e golpista. Calúnias e acusações infundadas de vocês foram os verdadeiros responsáveis pela doença e morte de D. Marisa.

Anônimo disse...

NOBLAT acertou na mosca e é criticado por dizer a verdade. LULA em seus discursos, em passado recente, deixava propositalmente esta impressão , de que estava acima das Instituições. A única escola em que LULA estudou foi na escola do sindicalismo. Com ela chegou à Presidência. Uma vez na Presidência , julgava-se tão poderoso que simplesmente ignorava as Leis , as Instituições, menosprezava autoridades dos demais Poderes, fazia enfrentamentos e às vezes até incitava a violência. !!!

Anônimo disse...

O raciocínio dele faz todo sentido. Está sim seria uma hipótese certeira, não a levantada pelo Lula. Foi ele mesmo que deu causa a tudo isto.

Anônimo disse...

Quem mandou ser bandido? Bandido não pode ter sossego mesmo!

Anônimo disse...

Quem não deve não teme.

Ultra 8 disse...

Coitadinha,não sabia que era casada com um bandido,e ainda,a coitadinha
mandou o povo enfiar panelas no orifício anal.

Até então sabendo dos filhos e marido ladrões,lesando o país com seu "nós e eles" ela não teve nenhum AVC...a coitadinha não se divorciou do marido mau caráter,usufruiu de toda roubalheira,sem remorso sem culpa.

Este Noblat, é de uma má fé,abismal.

Nathal Castellari disse...

Esse sujeito é mesmo um idiota. Fala-se um monte de bobagens e se desconsidera o envelhecimento, os abusos contra a saúde que o próprio individuo promove. Querem achar um culpado do que? Querem mesmo é livrar a cara de Lulla postando opiniões estapafúrdias. O simples fato é que todos achamos o seguinte: Morreu? Antes ela do que eu. Sem pêsames para a realidade da vida.

Anônimo disse...

Em 2006 quando houve um princípio de AVC e foi detectado o aneurisma, Lula estava envolvido no mensalão (salvo do impeachment pela "bondade" de FHC). De lá para cá o governo petista chafurdou profundamente na lama da corrupção e houve o caso Rose que só terminou depois da denúncia (verdadeira) feita pela imprensa, portanto há todo um histórico que está sendo propositada e cinicamente "esquecido". Esquecidas também foram as denúncias infundadas feitas pelos petistas contra a mulher de FHC e que logo depois ocorreu a morte dela. As esquerdas, além de corruPTas, tem Alzheimer!

Anônimo disse...

Marisa Lulla em sua vida notabilizou-se por algumas coisas:
- comprar pedalinhos para um sitio que nao era dela;
- ter coordenado a decoracao de um duplex que nao era dela;
- ter mandado brasileiros ordeiros enfiarem panelas no orificio anal;
- ter ficado quieta quando o marido foi envolvido publicamente no affair Rose Noronha ;
- ter mandado substituir um jardim no Palacio Presidencial feito por Burle Marx por uma estrela vermelha simbolo da organizacao criminosa a qual fez parte;
- ter gerado filhos horrorosos, interna e externamente.

Nada mais a dizer dessa sra. Que a terra lhe seja leve.

Unknown disse...

Em suma... Lulla é um crápula!!!

Unknown disse...

Agora é com Satanás... só o diabo pode com este verme!!!

Unknown disse...

E... finalmente... poderá viver o enredo do "filme": "O Bebum de Rosemary"!!!

Anônimo disse...

Marisa morreu por causa do aneurisma que tinha há mais de dez anos. Se tinha tanto medo de cadeia para Lula e filhos é porque sabia das falcatruas dele. O resto é petistada.

Anônimo disse...

Isso nada importa. Os petralhas tema sua verdade.

Anônimo disse...

Vão colocar a culpa na pressão da justiça e policia, se não quisesse sofrer com este tipo de coisa, era somente não entrar no que entraram, e fazerem o que fizeram com o Brasil.

Anônimo disse...

a dona tinha problemas de saude ha dez anos, e bateu as botas como todos nós bateremos um dia

Emmanuel Carlos disse...

Ahhh que peninha!
Bem capaz que fosse acontecer algo com a figuraça!
O maior ladrão da história do mundo continua à solta!

Anônimo disse...

eu pra mim foi tudo armaçao, vindo de petista, tudo e' possivel

Anônimo disse...

Equívoco seu, pessoas honestas torciam pelo pronto restabelecimento da saúde de dona Marisa, afinal, morrer a livra do cadeiao. Uma morte lamentavel

Anônimo disse...

QUEM É RICHAM ELLAKKIS, O MÉDICO QUE SUGERIU PROCEDIMENTO PARA MATAR MARISA LETÍCIA:

Reportagem de Joaquim Carvalho, do DCM, traça um perfil do neurocirurgião Richam Faissal El Hossain Ellakkis, que sugeriu num grupo de WhatsApp procedimento para matar dona Marisa Letícia; "Esses fdp vão embolizar ainda por cima. Tem que romper no procedimento. Daí já abre pupila. E o capeta abraça ela", afirmou; confira.

3/02/2017

247 - O neurocirurgião Richam Faissal El Hossain Ellakkis, que sugeriu num grupo de WhatsApp procedimento para matar dona Marisa Letícia, é um médico que já trabalhou na rede pública em São Paulo.

Segundo reportagem do jornalista Joaquim Carvalho, do Diário do Centro do Mundo, até um ano atrás, ele era neurocirurgião do Hospital Municipal de Ermelino Matarazzo, na Zona Leste, que atende um grande número de baleados e vítimas de acidentes de trânsito.

"Ele próprio, em agosto de 2015, se envolveu numa batida de carro que acabou na Justiça. O doutor Richam Ellakkis conduzia seu Honda Civic LXR, de placas FKA 4329, pela rua Cachoeira , em Guarulhos, não parou no cruzamento com a rua Dona Tecla e acertou o táxi de Djalma Aleixo de Luna", diz Carvalho.

Segundo o jornalista, Richam Ellakkis não compareceu ao Fórum para se defender e em setembro do ano passado, foi condenado à revelia a indenizar o taxista, que ficou nove dias sem poder trabalhar, enquanto o carro estava no conserto.

No grupo de WhatsApp que reúne médicos que, como ele, se formaram em 2009 pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, comentou diante do diagnóstico de Dona Marisa vazado do hospital Sírio Libanês. "Esses fdp vão embolizar ainda por cima. Tem que romper no procedimento. Daí já abre pupila. E o capeta abraça ela."

Além de trabalhar no Ermelino Matarazzo, o doutor Richam Ellakkis foi residente num hospital de Rio Preto, o Austa Centro Médico, e passou pelo Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo, Paraná, Estado onde nasceu e atualmente é funcionário da Unimed em São Roque, interior de São Paulo.

"Na página do Facebook que apagou depois da polêmica sobre seu comentário, o doutor Richam Ellakkis dizia trabalhar no Hospital das Clínicas da USP e ter feito residência médica no Hospital de Base de Brasília, informações que não constam do seu currículo oficial. Resta torcer para você ou seus familiares jamais caírem nas mãos do doutor Richam. O capeta, provavelmente, é mais seguro", diz Joaquim Carvalho.

Anônimo disse...

Luís Costa Pinto, no Poder360: a Medicina converteu-se a uma seita satânica?

FERNANDO BRITO/ 03/02/2017 - O Tijolaço

mafia

Luís Costa Pinto, um dos mais considerados jornalistas de Brasília, autor da bombástica entrevista de Pedro Collor é um homem de texto gentil, equilibrado e humano. Por isso mesmo, hoje, no Poder360, ele mostra que jornalista, se quer ser digno, não pode ter contemplação com a grosseria, o fanatismo e a desumanidade, como foi a monstruosa “corrente de imundícies” de médicos debochando e praguejando pela morte de Marisa Letícia Lula da Silva.

Em seu indignado artigo As bestas de jaleco, Costa Pinto diz que os médicos têm de reagir “de forma dura e organizada” aos que fazem com que a Medicina pareça ter ” se convertido aqui no Brasil a uma seita satânica seguida como profissão de fé por seres grotescos –sem alma, sem cérebro, sem compreensão do mundo, sem dó ou compaixão.”

Eles descreve as mensagens e atos – a esta altura já do conhecimento de todos – da reumatologista Gabriela Munhoz,d o cardiologista Ademar Poltronieri Filho, do urologista Michael Hennich e do neurologista Richam Faissal Ellakkis” nas redes sociais -aos quais chama de “seres abjetos” e as compara a outras, tão criminosas quanto, que povoam o noticiário.

Os valores dessa verdadeira quadrilha de médicos que rasgaram seus juramentos aos princípios de Hipócrates e espicaçaram qualquer solidariedade humana podem –e devem– ser comparados aos patéticos protestos contra o desembarque de doutores e doutoras cubanos no âmbito do programa Mais Médicos levado a cabo no primeiro governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Podem e devem, ainda, ser analisados em paralelo com a atitude criminosa de ortopedistas do Distrito Federal que prescreviam cirurgias de colocação de próteses ósseas desnecessárias e introduziam no corpo dos pacientes peças de segunda mão –matando muitos de infecção, restringindo o movimento de outros e assaltando-os abertamente ao superfaturar os procedimentos clínicos e cirúrgicos.

Somam-se os exemplos e os paralelos. Multiplica-se a solidariedade da infâmia, com a corporação protegendo aos seus e deixando a sociedade à mercê da sorte. Abatido pela onda de ódio conservador e primitivo contra os médicos cubanos, o Mais Médicos se liquefez e devolveu à incerteza e à intermitência o atendimento a milhares de brasileiros, sobretudo nas cidades do interior, porque o exercício da Medicina é encarado por essa corja de “doutoras” e “doutores” como Munhoz, Elliakkis et caterva como uma ação entre amigos da mesma classe, do mesmo credo, do mesmo grupo e com o mesmo objetivo.(…)

A ação dos vermes de jaleco que abusaram da agonia de Marisa Letícia não pode ficar impune no meio médico. Caso fique, toda a corporação corre o risco de começar a ser tratada com o desprezo que bandidos assim merecem. E sentirão a dor da discriminação que se dedica a quem vende a alma a seitas de fanáticos. Médicos como os que se integraram a essa corrente da infâmia nascida no Sírio-Libanês são passíveis do desprezo e merecedores de todos os castigos divinos.

Leia, por favor, o artigo de Luís Costa Pinto no Poder 360. É o chicote brandindo contra quem viola o templo do corpo humano. É das coisas que fazem a gente ter orgulho da profissão e dos valores que abraçou.

Anônimo disse...

Eu até achava impossível a ORCRIM colocar um boneco de cera no lugar da mudinha, mas está cada vez ficando mais evidente essa possibilidade graças aos esforços do pelotão de "jornas" e pilantras a soldo do Lula, que deixam transparecer a farsa, toda vez que tentam jogar fumaça para desviar a atenção do Brasil decente e honesto.
Mandar doar os órgãos e oiyta maneira de impedir exumação. Coitadas das vítimas que foram imoladas para que a ORCRIM pudesse arranjar os órgãos necessários.

Anônimo disse...

Errata:

Eu até achava impossível a ORCRIM colocar um boneco de cera no lugar da mudinha, mas está cada vez ficando mais evidente essa possibilidade graças aos esforços do pelotão de "jornas" e pilantras a soldo do Lula, que deixam transparecer a farsa, toda vez que tentam jogar fumaça para desviar a atenção do Brasil decente e honesto.
Mandar doar os órgãos e outra maneira de impedir exumação. Coitadas das vítimas que foram imoladas para que a ORCRIM pudesse arranjar os órgãos necessários.

Anônimo disse...

VAI PEDIR INDENIZAÇÃO PELA MORTE DAQUELA COISA, ESPEREM PRA VER , A LAVA-JATO QUE SE CUIDE..........

Anônimo disse...

Que bom que morreu.

Qual será o próximo petralha????????

Mordaz disse...

Quem matou Dona Marisa foi um aneurisma negligenciado.

Anônimo disse...

"Direita demagógica e golpista. Calúnias e acusações infundadas de vocês foram os verdadeiros responsáveis pela doença e morte de D. Marisa. "

Meu Deus... ainda existem pessoas que acreditam na inocência dessa gente...